in

Talento sem fim: Marília Mendonça deixou mais de 300 produções e encantará brasileiros por muitos anos

Irmão da cantora afirmou que o acervo de canções inéditas deixada por Marília poderá ser gravadas em breve.

Foto: Reprodução/ Instagram @mariliamendoncacantora

O irmão da cantora Marília Mendonça disse que as músicas inéditas deixada por ela poderão ser gravadas em breve. Segundo a declaração de Gustavo concedida ao R7, sua família deverá anunciar dentro de dois meses os detalhes oficiais do que será feito com as composições da Rainha da Sofrência.

Publicidade

Segundo o músico, a família ainda está decidindo o que vai fazer e tudo indica que alguns projetos já foram aprovados, contudo, ainda não podem contar para o público como será feito. Ele ainda garantiu que os fãs de Marília Mendonça ficarão muito felizes com as novidades que estão por vir. “Eu tenho certeza de que, quando a gente soltar isso, vocês vão ficar muito felizes”, disse o sertanejo”.

Gustavo também afirmou que a oficialização deve demorar algum tempo porque existem inúmeras questões para serem resolvidas e aprovadas legalmente, mas que 90% dos impasses já estão solucionados.

Publicidade

Segundo informações apresentadas pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, a artista deixou um acervo com 324 músicas e 391 gravações dela e participações com outros artistas registradas.

Publicidade

Na entrevista, Gustavo afirmou que são em média 100 músicas inéditas que foram escritas pela cantora entre 2012 e 2016. Ele também falou do caderno de anotações de Marília, resgatado nos destroços do acidente e contém anotações e outras composições.

Publicidade

No dia 3 de dezembro, Gustavo lançou a música Calculista gravada há alguns meses antes da tragédia. A música conta com a participação da intérprete de Infiel. Ele iniciou a carreira recentemente e contou muito com o apoio da irmã que foi e continua sendo um dos maiores fenômenos da música sertaneja.

Publicidade