in

Perda do filho e filha trans: Zé de Abreu abre o jogo sobre sua vida em livro

Ator de 75 anos lançou a Abreugrafia e conta sua história de vida no livro; morte do filho está entre os assuntos.

Instagram Zé de Abreu / Carol Caminha/Gshow

O ator José de Abreu, de 75 anos, acaba de lançar sua autobiografia. O livro chamado Abreugrafia aborda toda a trajetória de vida do artista e relembra momentos delicados, como a morte do filho após queda de apartamento e a aceitação à filha trans.

Publicidade

Zé de Abreu teve quatro filhas. Bernardo, após alguns anos, contou ao pai que se via como uma mulher trans. No livro, o ator recorda o momento e diz que apoiou Bia desde o primeiro dia em que ela abriu o coração sobre sua situação.

Segundo Zé de Abreu, o livro foi dedicado à Bia e não ao Bernardo. O ator diz que quando o rapaz o procurou para falar sobre o assunto, havia estudado por dois anos e convenceu o pai a aceitar sem maiores questionamentos. Segundo Zé de Abreu, Bia tinha argumentos sólidos e coube a ele fazer quatro coisas: aceitar, entender, apoiar e fazer de tudo para que Bia seja feliz.

Publicidade

Bia passa pelo processo de transição desde 2019. O relacionamento entre os dois parece ser muito bom. No livro, o ator de 75 anos também aborda o momento mais triste de sua vida: a morte do filho no início da década de 1990.

Publicidade

Zé de Abreu fala sobre a morte do filho

Rodrigo tinha 22 anos quando caiu da janela do apartamento e não resistiu aos ferimentos. “O sofrimento persiste, toda vez que lembro sofro. Mas reviver tudo, escolhendo as palavras, foi libertador”, disse o ator. Zé de Abreu também afirmou que viveu a inversão da vida ao ter que enterrar o próprio filho e que não estava preparado para aquele momento doloroso.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!