in

Alvim Tattoo relembra começo da carreira: ‘Paixão desde a infância’

Atualmente, conhecido por ser um dos destaques no estilo preto e cinza, o tatuador falou que buscou referências na televisão para começar a tatuar.

Reprodução/Instagram

A arte entrou muito cedo na vida do então jovem Alvaro Emerick Neves. Aos 13 anos de idade, o garoto carioca dava início a sua vida profissional em busca de entender um pouco mais como poderia ingressar no mercado. 

Publicidade

A primeira experiência foi o suficiente para ele entender que a arte seria seu ganha-pão. “Desde a infância a paixão pelo desenho já falava alto, minha vida sempre foi voltada para arte, inclusive a música sempre se fez presente em minha vida.”

“Posso dizer que Deus me abençoou com muitos dons assim trilhando meus caminhos. Com muita dedicação foi possível transformar a arte que era feita no papel em artes que passaram a ser feitas em pessoas.”

Publicidade

Ainda no assunto, Alvim falou um pouco sobre como foram seus primeiros passos no mundo das tatuagens. Em seu ponto de vista, o acesso que as pessoas têm hoje em dia para qualquer assunto, facilita muita coisa, o que não foi seu caso no começo da carreira. 

Publicidade

Atualmente, conhecido por ser um dos destaques no estilo preto e cinza, o tatuador falou que buscou referências na televisão para começar a tatuar. 

Publicidade

“Quando iniciei minha profissão, fui em busca de referências para aprimorar o meu trabalho, na época em que comecei a tatuar, no início de 2011 não existia tanto acesso aos trabalhos dos tatuadores como é hoje em dia nas redes sociais, o que me fez buscar referencias em programas de TV dos Estados Unidos, principalmente com Nikko Hurtado nas tatuagens realistas”, finalizou.

Publicidade