in

Bonner e Renata esquecem o luto, mudam cronograma e Jornal Nacional termina em festa

Dessa vez, Jornal Nacional não terminou de luto no dia em que país atingiu 615 mil mortes por Covid.

Reprodução Globo

Em dia de festa para a Globo, o Jornal Nacional mudou seu encerramento. No dia em que o Brasil atingiu a marca de 615 mil mortes causadas pela Covid, o telejornal de William Bonner e Renata Vasconcellos não terminou de luto, como vinha fazendo quando o país atingia uma marca redonda – a cada 5 mil mortes.

Publicidade

Dessa vez, as informações sobre a pandemia não ficaram para o final do telejornal, como em semanas anteriores. Logo nos primeiros blocos, Bonner se levantou de seu lugar e se dirigiu ao telão para interagir com a jornalista Malu Mazza, que atualizou os dados da Covid (veja mais abaixo).

O país ultrapassou a marca de 615 mil óbitos causados pela Covid-19. O número de mortes nas últimas 24 horas foi de 266. O total de casos no Brasil chegou a 22,1 milhões. As médias móveis de mortes e de casos estão queda no país. Em relação a vacinação, 134 milhões de brasileiros receberam a imunização completa.

Publicidade

Publicidade

Jornal Nacional termina em festa em dia de lançamento na TV Globo

O Jornal Nacional terminou com o astral lá no alto. A última reportagem a ser exibida foi sobre a nova identidade visual. “Mais conectada com o público”, afirmou Renata. A reportagem de Hélter Duarte teve mais de três minutos e falou também sobre a campanha de final de ano da Globo.

Publicidade

Após a reportagem, Bonner se despediu dos telespectadores. “E agora você vai ver o making-of especial da campanha de fim de ano da Globo”, finalizou Renata. Dessa vez, não havia a inscrição do número de mortes nem silêncio. A trilha sonora do Jornal Nacional foi executada normalmente.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!