in

Jornalista expõe briga de Renato Aragão e Faustão na Globo: ‘Acha que o Renato chegou a tentar puxar o tapete dele’

Rafael Spaca esteve no podcast Inteligência LTDA e revelou essa e outras polêmicas a cerca do intérprete de Didi Mocó

Reprodução: Globo/Montagem

O jornalista e diretor de cinema, Rafael Spaca, está produzindo um documentário em torno dos bastidores do grupo Os Trapalhões, grande fenômeno da TV brasileira e do cinema nacional. Spaca já escreveu dois livros sobre os humoristas e seu grande acervo de entrevistas estão se transformando em algo ainda maior.

Publicidade

Rafael Spaca esteve recentemente no podcast Inteligência LTDA, de Rogério Vilela, e lá expôs algumas polêmicas que estarão presentes no documentário. Uma das histórias contadas pelo jornalista é sobre a rusga entre Renato Aragão, líder dos Trapalhões, com Fausto Silva, apresentador do Domingão do Faustão.

Faustão chegou na Globo em 1989, após alguns anos comandando o saudoso Perdidos na Noite, da Band. Nesse período, começou a decadência do programa de Renato, após décadas de soberania na faixa do domingo à noite. 

Publicidade

Segundo Spaca, Renato passou a colocar a culpa de sua baixa audiência em Faustão, que tinha acabado de chegar na emissora. “Renato começa a falar que o Faustão entregava a audiência baixa e por isso é que o programa ia mal“, disse Spaca. Faustão então passou a contestar o humorista dizendo que o seu programa ia muito bem, o dele é que estava mal.

Publicidade

A desavença nos bastidores dos dois gigantes da televisão poderia ter encerrado o ciclo de Fausto Silva na emissora: “O Faustão acha que o Renato chegou a tentar puxar o tapete dele“.

Publicidade

O documentário, chamado de Trapalhadas Sem Fim, ainda está em fase de corte e a espera de uma emissora. Spaca chegou a conversar com a Record, mas não houve um acordo.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com