in

Através de carta, Li Martins afirma que sofreu aborto espontâneo: ‘Parecia um pesadelo’

A cantora revelou que teve um aborto no início desse mês e, desde então, tem sofrido muito.

Foto: Instagram @limartinsoficial

A cantora Li Martins afirmou nesta segunda-feira (29) ter sofrido um aborto espontâneo no início desse mês. Ela contou que acordou no dia seguinte se sentindo triste, e só tinha vontade de chorar. “Parecia um pesadelo, mas era real”, escreveu a ex-integrante do Rouge.

Publicidade

A notícia foi contada através de uma nota escrita pela própria Li e postada na íntegra pela jornalista Fábia Oliveira. A digital influencer, que estava grávida pela segunda vez, falou sobre como tudo aconteceu e como enfrenta o luto.

A ex-Power Couple afirmou que os últimos dias não tem sido nada fáceis. Embora em alguns dias ela acorde bem, em outros não sente nem vontade de levantar da cama. ”Nenhuma dor que eu já tenha sentido na vida se compara ao que sinto hoje, e talvez sentirei para sempre!”, disse em trecho da nota.

Publicidade

Li afirmou estar em dúvida se devia dividir isso com seus fãs ou não, mas pensa pode haver muitas mulheres passando por isso, e através da sua história, talvez, possa fazer com que elas não se sintam sozinhas nesse momento tão difícil.

Publicidade

Em seguida, ela contou que descobriu o aborto quando fez a segunda ultrassonografia. Na primeira, o tamanho era de seis semanas, porém, na segunda, o bebê estava menor, como se tivesse diminuído o tamanho. Logo, o médico constatou que não havia batimentos cardíacos no feto.

Publicidade

Ela teria ficado em choque nesse instante, e apenas tentava disfarçar a tristeza que sentia na frente da filha Antonella, de quatro anos.

O médico disse que ela poderia optar pela curetagem ou esperar o corpo expelir a criança de forma natural. A artista decidiu esperar a natureza do corpo agir, e que conversou com o bebê enquanto isso acontecia.

Publicidade