in

Marília Mendonça: polícia diz se avião foi alvejado por arma de fogo e descarta que piloto sofreu mal súbito

A aeronave em que a artista sertaneja estava caiu pouco antes do aeroporto.

Band/Instagram Marília/Montagem

As investigações acerca da causa da morte de Marília Mendonça foram concluídas nesta semana. A cantora sertaneja de 26 anos de idade era uma das mais amadas do Brasil e morreu no último dia 5 de novembro após ser vítima da queda de um avião quando viajava para Minas Gerais.

Publicidade

Segundo o resultado das investigações, Marília morreu após sofrer politraumatismo com o impacto da aeronave no solo. Assim como a artista sertaneja, também foram a óbito seu assessor, um produtor, o piloto e o copiloto do transporte aéreo.

Uma das linhas de investigações apuradas pela perícia foi se a aeronave havia sido alvejada por arma de fogo ou se os responsáveis pela pilotagem haviam sofrido de mal súbito. Ambas as hipóteses foram descartadas.

Publicidade

Análises detalhadas afirmam que o piloto, Geraldo Martins de Medeiros, e o copiloto Tarciso Pessoa Viana não sofreram nenhum problema de saúde no dia em que o avião caiu, o que fez com que as autoridades descartassem o possível mal súbito.

Publicidade

O delegado responsável pelo caso declarou nesta semana que a Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos ainda está para concluir as causas da queda do avião. Parte dos destroços foram levados para o rio de Janeiro enquanto outros foram encaminhados para Brasília pouco depois da tragédia.

Publicidade

Novas informações sobre o acidente que matou Marília podem ser divulgadas em breve. A morte da cantora parou o Brasil, deixando amigos, familiares e uma legião de admiradores de luto com a precoce perda da sertaneja, chama popularmente de Rainha da Sofrência.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.