in

Pela primeira vez, Felipe Araújo abre o coração e comenta sobre o autismo do filho

Em entrevista, o cantor Felipe Araújo comentou abertamente pela 1ª vez sobre o diagnóstico do filho, Miguel, de 2 anos.

Reprodução/Instagram/@felipearaujocantor

Felipe Araújo, de 26 anos, comentou pela primeira vez sobre a saúde do filho, Miguel, de 2 anos, fruto do seu relacionamento com Caroline Marchezi. O pequeno foi diagnosticado com espectro autista leve quando tinha apenas um ano e meio de vida.

Publicidade

Durante uma entrevista concedida pelo cantor à Lady’s Podcast, ele afirmou que existe sim um tabu em torno do assunto, mas ressalta que tanto ele, como a mãe de Miguel, não têm medo de falar. O sertanejo ainda destacou que, “graças a Deus”, eles estão dando exemplo e ressaltou que seu filho possui “espectro autista muito leve”.

Na entrevista, Felipe ainda aproveitou para agradecer a sua ex-companheira, destacando que o fato de ela ser formada em psicologia ajudou a família identificar o autismo de Miguel mais cedo. O cantor disse que durante a faculdade, Carolina atendeu pessoas autistas e, inclusive, realizou um trabalho filantrópico antes de engravidar de Miguel, por isso, segundo o sertanejo, a ex-companheira percebeu tão rápido que o filho poderia estar dentro do espectro autista.

Publicidade

Ainda no bate-papo, Felipe Araújo contou que o diagnóstico e o tratamento precoce foram importantes para Miguel, já que atualmente o menino não é mais tão retraído como era quando tinha 1 ano. Hoje o menino já sai de onde estiver e vai até o pai para lhe dar um abraço, atitude que o sertanejo destacou ser uma das coisas que mais o emociona.

Publicidade

Por fim, o cantor voltou a agradecer a mãe de seu filho por ter se mostrado atenta aos sinais e, assim, perceber o diagnóstico tão cedo. Felipe também fez questão de agradecer a todos os profissionais que estão cuidando de Miguel há mais de um ano.

Publicidade
Publicidade