in

Tainan Dalpra se torna destaque mundial no jiu-jitsu e traz ao Brasil um dos prêmios mais importantes

Conheça um pouco da trajetória de Tainan Dalpra, faixa-preta aos 19 anos.

Reprodução

As artes marciais japonesas sempre causaram encanto nos brasileiros, principalmente por suas técnicas repletas de disciplina e resistência. No Brasil , modalidades de artes clássicas com espadas, como Kenjutsu e o Iaijutsu, têm sido popular entre jovens e adultos.

Publicidade

Foi o Jiu-Jitsu brasileiro, no entanto, que melhor explorou e valorizou a guarda, como a arte de se defender no chão e equalizar os pesos do agressor e do agredido. Mais do que o judô, sambo ou qualquer outra.

Faixa-preta aos 19 anos, Tainan Dalpra (IG:@tainandalpra) é um exemplo a ser seguido, conheça um pouco da sua trajetória:

Publicidade

Conheça a história de Tainan Dalpra

Pupilo dos irmãos Rafael e Guilherme Mendes na Art of Jiu-Jitsu, Tainan (IG:@tainandalpra) começou a treinar aos 5 anos, em Florianópolis (SC), por influência do pai. A chegada à elite do esporte aconteceu após o título no Pan 2020, quando ele recebeu a faixa preta ainda no pódio, em um momento bastante emocionante, segundo ele.

Publicidade

Foi uma felicidade muito grande pra mim, receber a faixa preta das mãos do meu ídolo (Gui Mendes) e também estando do lado do time, que é tão importante pra mim. Queria muito ter recebido a graduação com a presença do meu pai, que sempre foi o meu maior incentivador, mas estou muito feliz por essa fase e sei que teremos muitos momentos de alegria juntos. Realmente, sou bem novo, mas estou feliz por ter chegado no maior nível aos 19 anos. É estranho ainda saber que eu sou novo e tenho muitos desafios pela frente. Tento não pensar nisso e continuo trabalhando duro, independente da idade”, contou o brasileiro, que não vê a hora de estrear como faixa-preta, desejo que vem sendo atrasado por conta da pandemia.

Publicidade

Taina Dalpra Descreve seus treinos na AOJ

Os treinos na AOJ não sei nem como descrever muito, basta apenas olhar os resultados de todos. Somos um time pequeno, mas fazemos bastante barulho nas competições, graças ao trabalho que nosso professor Guilherme Mendes vem fazendo com a gente. Minha relação com o Guilherme e com Rafael é muito boa, considero eles como irmãos que me ajudam muito, mas também tenho outras amizades que me ajudam bastante na academia, como o Johnatha Alves, por exemplo, que recentemente ganhou o Pan-Americano no adulto faixa-preta. Daqui a alguns anos estaremos juntos colhendo todos os frutos do nosso trabalho”.

Nas faixas coloridas sempre conversei com o meu professor, e ele sempre me falava que eu tinha que competir tudo para ganhar o máximo de experiência. Eu confio no meu Jiu Jitsu, então acredito que agora na faixa-preta vai ser muito a questão de eu ficar confortável lutando com todos, e é nisso isso que estou focado agora, em conseguir lutar feliz e confiante. Eu estando confortável, o resto vai fluir naturalmente”.

Tainan Dalpra e Victor Hugo finalizam por 20 mil dólares no IBJJF GP

Em seu último dia, o Jiu-Jitsu Con, realizado em conjunto com o Mundial Master de Jiu-Jitsu 2021, retornou ao Las Vegas Convention Center para trazer muitos duelos aos fãs da arte suave. Destaque nos GPs do evento, Tainan Dalpra (IG:@tainandalpra) e Victor Hugo derrotaram seus adversários para faturar a bolada de 20 mil dólares.

No GP dos médios, Tainan Dalpra (Art of Jiu-Jitsu) – (IG:@tainandalpra) derrotou Renato Canuto (Checkmat) por 9 a 2 nos pontos para alcançar a final, na qual finalizou Jonnatas Gracie (Atos) com um estrangulamento de lapela pelas costas.

Publicidade