in

BBB 22: famosos recusam convite para reality e motivo preocupa emissora

Um das causas seria o baixo valor do cachê oferecido, que gira em torno de 70 mil reais.

Reprodução: TV Globo

A Rede Globo confirma para janeiro a tão esperada estreia do Big Brother Brasil 22, e a emissora não medirá esforços para repetir o sucesso das edições anteriores deste reality show junto ao público telespectador, que passará a ser comandada por Tadeu Schmidt, ex- Fantástico.

Publicidade

A divisão dos participantes entre dois grupos: ‘Pipoca’, composto apenas por anônimos; e ‘Camarote’, formado por famosos. Porém, a formação do grupo Camarote, desde já, vem enfrentando algumas dificuldades para conseguir participantes.

Segundo os profissionais responsáveis pela montagem do elenco, vários deles, que não tiveram os nomes revelados, já recusaram o convite, pois acataram as recomendações de seus empresários e assessores para não aceitarem participar do programa.

Publicidade

As causas seriam o baixo valor do cachê oferecido, que gira em torno de 70 mil reais, e também a possibilidade de, dependendo do comportamento no decorrer do confinamento, ter a carreira comprometida negativamente, como aconteceu com Projota e Karol Conka no Big Brother 21.

Publicidade

Ao contrário do Big Brother 21, o The Masked Singer Brasil não vem enfrentando nenhum tipo de problema nesse sentido, pois a competição musical despertou o interesse de celebridades que estão na expectativa de receber o convite para tomar parte no programa.

Publicidade

O The Masked Singer, que obteve grande sucesso de público e crítica na sua primeira temporada sob o comando de Ivete Sangalo, voltará a ser exibido pela Rede Globo, também em janeiro, e mudará de dia e horário passando a ir ao ar nas tardes de domingo.

Publicidade