in

A triste história de Simone e Simaria: pai foi enterrado como indigente e elas buscam corpo para sepultar

A artistas baianas estão entre as mais famosas e queridas de todo o Brasil.

reprodução vejaoeste

As cantoras Simone e Simaria estão entre as artistas mais queridas e famosas do Brasil. Ao longo de uma extensa carreira na música, as Coleguinhas, como são chamadas as sertanejas, conseguiram conquistar uma imensa legião de admiradores ao redor de todo o país.

Publicidade

Nas redes sociais e em entrevistas, Simone e Simaria costumam aparecer alegres e sempre de bom humor. Mas quem vê as duas demonstrando alto astral boa parte do tempo, muitas vezes não imagina que as artistas passaram por maus momentos na vida pessoal.

Uma das histórias tristes de Simone e Simaria envolve a perda do pai das cantoras. Seu Antônio morreu quando as filhas ainda eram crianças, após sofrer um mal súbito. Em uma entrevista ao Conversa com Bial, em 2017, as Coleguinhas, que nasceram na cidade de Uibaí, no estado da Bahia, falaram sobre o assunto, afirmando que não haviam desistido de procurar o corpo do pai.

Publicidade

Simone e Simaria, de 37 e 39 anos, respectivamente, viviam durante a infância em um local de garimpo com a família. O pai das cantoras sertanejas foi enterrado como indigente e, até hoje, elas tentam encontrar o corpo para que possam dar a Antônio um sepultamento digno. 

Publicidade

Atualmente, Simone e Simaria estão entre as artistas brasileiras com mais seguidores nas redes sociais e seus shows lotam as arquibancadas pelo Brasil, com uma enorme quantidade de fãs de seu trabalho. Entre as canções mais famosas da coleguinhas estão ‘Meu Violão e o Nosso Cachorro’, ‘Regime Fechado’, ‘Amor Mal Resolvido’ e ‘Duvido Você Não Tomar Uma’.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.