in

Ao afirmar que Evandro Santo foi racista na Fazenda, Ana Paula Renault treta com Emílio Surita

Ana Paula Renault detonou Evandro Santo em participação no programa Pânico, na Jovem Pan.

Jovem Pan

Na tarde de hoje (10), Ana Paula Renault esteve no Programa Pânico, da Jovem Pan, e durante sua participação por lá, ela fez críticas a Evandro Santo, que foi seu desafeto quando eles fizeram parte do elenco da Fazenda em 2018. A ex-apresentadora do programa Fofocalizando disse que o colega cometeu racismo contra Luane Dias no reality da emissora de Edir Macedo.

Publicidade

Segundo Ana Paula, Evandro foi racista com Luane porque ela era a única mulher negra da competição, e ele sempre fazia alguns comentários maldosos sobre seu cabelo e se ela tomava banho. Luane estava sempre arrumando a casa, quando ela sentava para descansar, Evandro dizia: ”Isso é um absurdo, você é negra da favela e tem que trabalhar”, comentou ela.

Emilio Surita, que também trabalhou com Evandro no Pânico durante anos, resolveu defender o comediante. Após a convidada falar, ele disse que: “Achei essa acusação leviana, pois racismo é crime, isso é muito sério, e ele não está aqui para se defender. Conheço o cara há muitos anos, e ele é muito gente boa, não é capaz de fazer mal a ninguém”.

Publicidade

Além de acusar Santo de racismo, Renault também falou sobre algumas atitudes questionáveis do mesmo em relação a Gabi Prado, que também participou da mesma edição. Segundo a loira, embora isso não tenha sido mostrado na emissora, Evandro usava sua religião para atacar Gabi, afirmando que iria fazer ‘macumba’ contra ela.

Publicidade

Depois de terem participado do reality rural, a ex-bbb processou Evandro e Nadja pelo fato de ter recebido o apelido de Anabelle, fazendo referência à boneca que atua nos filmes de terror, ela foi a Justiça alegando danos morais.

Publicidade
Publicidade