in

Polícia encontra objeto importante para a investigação em avião de Marília Mendonça

A cantora morreu na última sexta-feira, depois que o bimotor caiu em Minas Gerais.

Polícia Militar/Instagram Marília Mendonça

Após início das investigações, a polícia encontrou um detalhe a ser examinado no avião que caiu com a cantora Marília Mendonça, de 26 anos, e outras quatro pessoas: um piloto, o co-piloto, um produtor e o assessor, que também era tio da artista.

Publicidade

De acordo com as autoridades, foi encontrado um cabo em uma das hélices da aeronave. O avião, que era de uma companhia de táxi aéreo, caiu em uma cachoeira de Caratinga, Minas Gerais, na última sexta-feira (05/11).

É fato de que tem um cabo enrolado na hélice. Agora, a gente só vai poder afirmar que esse cabo é o cabo que se rompeu quando a perícia tiver o laudo pericial“, informou o delegado responsável pelo caso, Ivan Lopes Sales.

Publicidade

Na próxima terça-feira (09/11), os destroços da aeronave devem ser encaminhados para o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, no Rio de Janeiro, onde passarão por uma perícia. Os motores do avião serão levados para Sorocaba, em São Paulo, onde também devem ser analisados para dar continuidade à investigação.

Publicidade

De acordo com informações da Polícia Civil, não foi estabelecido prazo para dar um ponto final às investigações da morte de Marília Mendonça e dos colegas. O delegado afirma que pretende ter os resultados do processo investigativo o mais rápido possível.

Publicidade

Os motores do avião que caiu com a cantora sertaneja foram retirados com a ajuda de um guincho, juntamente com uma equipe da Cenipa. Novas informações que possam esclarecer o que provocou o acidente com a aeronave que transportava Marília podem ser divulgadas a qualquer momento.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.