in

Advogado de Marília Mendonça traz revelações do que encontrou dentro do avião: ‘celulares recebendo mensagens’

Agente da cantora teve a dura missão de efetuar o reconhecimento dos corpos na cidade mineira.

Reprodução - Instagram

Profissional de advocacia nos direitos autorais da Workshow, empresa que agenciava a carreira de Marília Mendonça, Mauricio Carvalho teve a dura missão de reconhecer os corpos da artista e dos demais ocupantes do avião bimotor que se envolveu no trágico acidente na última sexta-feira (5), em Piedade de Caratinga (MG). 

Publicidade

Em entrevista ao jornal “Extra”, o agente de Marília relatou ter chegado à cidade do acidente horas depois do ocorrido e já se dirigiu diretamente para o Instituto Médico Legal (IML) com o intuito de fazer o reconhecimento dos corpos para a liberação. No dia seguinte ao episódio que chocou o país, Mauricio esteve no local do acidente, para recolher pertences das vítimas, que os policiais envolvidos na operação não haviam resgatado. 

Segundo ele, a cena encontrada ao se aproximar da aeronave foi comovente, uma vez que celulares ainda recebiam mensagens.

Publicidade

“Quando chegamos lá, encontramos documentos, celulares ainda recebendo mensagens, iPads, roupas…. Foi muito triste e impactante olhar aquilo tudo”, disse Mauricio, revelando ainda que foi recolhido um caderno de anotações de Marília Mendonça, onde a cantora costumava utilizar para suas composições. 

Publicidade

Choque da notícia

Após passar o manhã da sexta-feira (5) em reunião com a empresa Workshop, Mauricio conta que foi malhar no período da tarde, e somente depois de terminar as atividades físicas, pegou o celular, e acabou sendo surpreendido com uma série de mensagens com rumores do suposto acidente.

Publicidade

Após informações desencontradas, o advogado disse que tomou a decisão de rumar até a cidade mais próxima do acidente para pousar e acompanhar o caso de perto, revelando ainda ter ido chorando todo o percurso de 150 km. 

Publicidade