in

Aos 90 anos, Silvio Santos enfrenta crise: queda de vendas, ameaça de greve e baixa audiência

Segundo o portal TV Pop, as consultoras da Jequiti não estão satisfeitas com os resultados das vendas.

Reprodução/SBT

As constantes modificações na programação do SBT são amplamente divulgadas pela imprensa. Normalmente, a entrada e saída de programas da grade do canal de Silvio Santos são determinações do próprio empresário.

Publicidade

E um dos programas que deixaram de ser exibidos recentemente foi o Roda a Roda, programa de prêmios que costumava figurar entre as maiores audiências do canal. Porém, o alto escalão da emissora resolveu testar novas atrações no lugar, como a nova versão da novela mexicana A Usurpadora, que não caiu no gosto do público.

Porém, não é somente a audiência baixa da emissora que está causando dores de cabeça na ala interna do Sistema Brasileiro de Televisão. Uma outra empresa do grupo de Silvio Santos, a Jequiti, teria sido diretamente impactada com a escolha de não manter o Roda a Roda no ar.

Publicidade

De acordo com o jornalista Gabriel de Oliveira, do site TV Pop, existem várias consultoras reclamando nas redes sociais pela crise nas vendas causada pela falta do chamariz do Roda a Roda. A insatisfação deste setor de consultoras, inclusive, tem gerado as especulações de uma possível greve exigindo o retorno do programa na grade diária do SBT.

Publicidade

Ainda de acordo com o site TV Pop, o SBT marcou no último sábado (6) a pior audiência do ano de 2021. Totalmente alheio da cobertura do velório e enterro de Marília Mendonça, o  canal de Silvio Santos ficou com somente 3,1 pontos de audiência na média diária, ante 8,1 de sua maior concorrente, a Record TV. Para se ter uma ideia, um programa religioso da emissora de Edir Macedo conseguiu vencer o SBT no confronto.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.