in

Fantástico traz revelações sobre acidente com Marília Mendonça e detalhe chama atenção: ‘Veio girando’

Cantora de 26 anos e outros quatro ocupantes da aeronave morreram na tarde da última sexta (5).

CONTIGO/G1

O Fantástico deste domingo (7) trouxe uma reportagem investigativa acerca do acidente com a cantora Marília Mendonça, ocorrido na tarde da última sexta-feira (5), que vitimou a artista e outras quatro pessoas que viajavam para Caratinga, em Minas Gerais, onde ela faria um show no mesmo dia.

Publicidade

Em entrevista à revista eletrônica, testemunhas apontaram que a aeronave de pequeno porte caiu rodopiando, após bater num cabo de linha de transmissão de energia. Funcionários que trabalhavam na propriedade onde o avião caiu relataram que o mesmo aparentava sobrevoar muito baixo. 

“Foi uma zoeira muito forte, né? Eu sabia que tinha um avião passando. Esse avião está voando muito baixo. Eu olhei para cima, aí ele já veio rodando, girando, rodando e pum, caiu”, disse a doméstica Dila Santos, relatando que o patrão ligou para o Corpo de Bombeiros logo depois do acidente. 

Publicidade

Para Lito Souza, especialista em tragédias aéreas, o fato da fuselagem da aeronave não ter sido significativamente comprometida indica que ele sobrevoava em altitude e velocidade baixa. Ainda segundo ele, os órgãos responsáveis devem demorar cerca de um ano para constatar todas as informações das reais causas do trágico acidente.  

Publicidade

Palavra do socorrista

Um dos responsáveis por efetuar os primeiros atendimentos, o soldado Rafael Libardi, do Corpo de Bombeiros, relatou à reportagem que após sustentar a aeronave com cordas, entrou na mesma e tentou verbalizar, com o objetivo de identificar sobreviventes no acidente. 

Publicidade

Depois de uma análise prévia, o socorrista se deu conta de que uma das vítimas fatais se tratava de Marília Mendonça. 

Publicidade