in

Médico legista que examinou corpo de Marília Mendonça esclarece possível causa da morte: ‘Diversos traumas’

Samu constatou, de forma imediata, a morte de três pessoas ao chegarem no local do acidente.

Reprodução Globo

Na tarde da última sexta-feira (5), Marília Mendonça foi vítima fatal de um grave acidente aéreo, ocorrido no interior de Minas Gerais. A cantora estava na companhia de seu produtor, seu assessor, além do piloto e co-piloto da aeronave. Inicialmente, a assessoria de Marília emitiu nota, afirmando que todos haviam sido socorridos e estavam bem.

Publicidade

Porém, momentos mais tarde, a morte de todos os tripulantes e passageiros da aeronave foi confirmada. De acordo com o site Metrópoles, o delegado regional, Ivan Lopes Sales, afirmou que, inicialmente, o Samu constatou a morte de três pessoas, mas que é provável que todas as vítimas tenham falecido no momento do acidente.

O médico legista Pedro José Fernandes Nunes Coelho, responsável por realizar uma análise preliminar no corpo da cantora e dos demais tripulantes e passageiros, revelou a possível causa das mortes. No local do acidente, haviam destroços de uma antena de alta tensão, o que sugere que o avião tenha colidido com o aparelho.

Publicidade

Foi um acidente de energia de grande impacto, causou diversos traumas. Não há ainda uma causa principal identificada“, relatou o médico. O profissional também falou sobre o processo burocrático que envolve a liberação dos corpos do IML (Instituto Médico Legal).

Publicidade

Segundo Pedro José, os procedimentos levam um certo tempo, porém, as vítimas não tiveram desfiguração, o que poderia dificultar a liberação dos corpos. Na manhã deste sábado (6), peritos realizam um trabalho minucioso no local para colherem mais detalhes que possam ajudar a determinar a causa do acidente.

Publicidade
Publicidade