in

Dois dias antes de morrer, Marília Mendonça interrompeu show para expulsar homem que agredia mulher

Artista ficou revoltada em seu último show ao ver homem que agredia uma mulher e chamou os seguranças.

G1/Montagem Guti M.

Dois dias antes da cantora sertaneja Marília Mendonça falecer, um show realizado em Sorocaba, em São Paulo, gerou bastante repercussão. Com a liberação dos shows e demais eventos presenciais com 100% do público no estado de São Paulo, a cantora fez seu show, que precisou ser interrompido por ela mesma.

Publicidade

Mendonça viu uma aglomeração e interrompeu o evento. A cantora se deu conta que um homem estava agredindo uma mulher e usou o microfone para pedir que os seguranças retirassem o agressor do local. Marília ficou nervosa com a cena de violência e perdeu a paciência. “LIxo”, declarou a artista sobre o comportamento do homem.

Antes de chamar os seguranças, Marília ainda olhou para o cidadão que cometeu a agressão e declarou: “tem que ser muito cara de pau para fazer um negócio desse”.

Publicidade

Marília Mendonça ganhou o título de Rainha da Sofrência devido ao teor de suas músicas, que levavam multidões por onde se apresentava. Antes de sua morte, a cantora contabilizava mais de 37 milhões de seguidores no Instagram. Após a confirmação do óbito, o número aumentou.

Publicidade

Famosos lamentaram a perda precoce da artista, e o assunto sobre a vida agitada de cantores viajando com frequência para fazer shows voltou a ser pauta na TV.

Publicidade

Marília deixa uma carreira repleta de hits de sucesso, além de um filho de menos de dois anos, chamado Léo, fruto de sua relação com Murilo Huff. A artista sofreu o acidente quando chegava em Minas Gerais para realizar um show na noite de sexta-feira, 5. Não houve sobreviventes no acidente, que ceifou a vida da artista, seu tio, o produtor, piloto e co-piloto.

Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades