in

Bruna Marquezine responde Conselho Federal de Enfermagem após polêmica sobre sua fantasia de Halloween

A atriz usou as redes sociais para se pronunciar após o início da polêmica envolvendo a sua fantasia de Halloween.

Reprodução/Instagram

A atriz Bruna Marquezine decidiu usar as redes sociais para rebater as críticas que recebeu do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) por ter usado uma fantasia de enfermeira em uma festa de Halloween.

Publicidade

Por meio de uma publicação em seu perfil oficial no Twitter, Marquezine frisou o seu total respeito a todos profissionais da enfermagem e destacou que vê as mulheres que exercem a profissão como heroínas. A atriz ainda disse que jamais foi a sua intenção causar qualquer tipo de desvalorização a estas profissionais na escolha de sua fantasia de Halloween.

Publicidade

E mais, Bruna ainda afirmou que essa luta é legítima e destacou que batalha para que mulheres possam ter liberdade e respeito em qualquer ambiente ou escolha profissional e pessoal que as mesmas venham a fazer.

Publicidade

Poucas horas depois, Marquezine voltou a usar o seu Twitter, desta vez, para repercutir a tuítes feitos pelo Cofen.

Em uma publicação, o Conselho Federal de Enfermagem manifestou repúdio à foto compartilhada por Bruna Marquezine para mais de 40 milhões de seguidores. O órgão ainda disse esperar que a atriz se retratasse, para que assim, evitasse uma ação judicial. “Isso é uma ameça?”, questionou Marquezine para repercutir o post.

No entanto, vale destacar que a atitude da atriz acabou dividindo a opinião dos internautas. Uma usuária das redes sociais, por exemplo, comentou pedindo para que Marquezine não entendesse a publicação do Cofen como uma ameaça, destacando que as enfermeiras sempre foram taxadas de “comida de médico e fantasia de sex shop”. Diante disso, a internauta destaca que a categoria vem lutando muito para perder esse estigma.

Publicidade