in

MC famoso é condenado após expor foto de jovem na cama e sugerir relação íntima

A Justiça de São Paulo decidiu condenar o cantor a pagar indenização no valor de R$ 15 mil após ele ter exposto uma jovem nas redes sociais.

Reprodução/Instagram

Segundo informações do UOL, a Justiça de São Paulo condenou o cantor MC Don Juan a pagar uma indenização no valor de R$ 15 mil por danos morais a uma jovem que foi alvo de uma publicação do funkeiro no Instagram. 

Publicidade

A publicação que se tornou uma ação judicial foi feita por Don Juan no Réveillon de 2018. Na ocasião, o funkeiro anexou uma foto da jovem deitada em um colchão ao lado de um de seus seguranças, dando a entender que os dois teriam tido relações íntimas.

Diferente do que o funkeiro havia dado a entender em sua publicação, a garota afirmou à Justiça que estava em uma festa em uma casa localizada no Guarujá e, cansada, acabou deitando para dormir um pouco. Segundo ela, o segurança aproveitou do seu sono, deitou-se ao seu lado e tirou a foto. A jovem ainda relatou que o segurança fez postura e feições que sugeriam que eles haviam se relacionado.

Publicidade

A advogada da jovem, Mayza da Silva Lopes, disse que sua cliente foi humilhada, exposta e tratada como um objeto sexual.

Publicidade

O segurança, por sua vez, afirmou à Justiça que a jovem autorizou a publicação da foto nas redes sociais. Segundo ele, a garota chegou a rir da brincadeira na hora e, depois, não chegou a demonstrar nenhum tipo de angústia, frustração ou arrependimento com o ocorrido.

Publicidade

Na época, da publicação, o funkeiro MC Don Juan chegou a escrever as seguintes frases: “Essa foi a primeira bebê” e “bora para a próxima”.

O cantor Don Juan afirmou que a jovem manteve sim um relacionamento amoroso com o segurança. Segundo o funkeiro, todos os integrantes da festa estavam em clima de confraternização e sabiam que fotos iriam ser tiradas. 

Publicidade