in

Influenciadora criticada por tirar foto em frente ao caixão do pai se defende: ‘Ele ficaria orgulhoso’

A norte-americana, Jayne Rivera, de 20 anos, foi muito criticada por sua atitude e fez questão de se defender em entrevista.

Reprodução: Instagram/Jayne Rivera

A influenciadora digital Jayne Rivera fez questão de se defender após ter sido muito criticada por postar fotos em frente ao caixão fechado do pai. Agora, a norte-americana veio à público para dizer que o pai ficaria orgulhoso dela. “Ele ficaria orgulhoso de mim”, afirmou.

Publicidade

As fotos repercutiram inicialmente no Reddit e, por isso, sua identidade não havia sido revelada até então. Nas imagens, Jayne exibe um look em frente ao corpo do pai.

A jovem publicou as fotos em suas redes sociais, onde também anexou hashtags que davam a entender que o pai era veterano de guerra e sofria de transtorno do estresse pós-traumático.

Publicidade

Depois de se deparar com a repercussão das suas fotos, ela, que tem 20 anos e mora em Miami, concedeu uma entrevista para se defender das acusações de que teria sido insensível à morte do patriarca, José Antonio Rivera.

Publicidade

Em conversa com a NBC News, a influenciadora ressaltou até entender a “reação negativa” que suas fotos causaram, mas destaca que não tem nada de errado com elas. Jayne ainda afirmou que se o seu pai ainda estivesse vivo, ele aprovaria o conteúdo publicado por ela. Ela ainda contou que, assim como fez em outras ocasiões, ela tratou a celebração [funeral] tirando fotos ao lado do pai. “Como se meu pai estivesse bem do meu lado”, destacou.

Publicidade

E mais, ainda na entrevista, Jayne afirmou que o Instagram desativou a sua conta “sem nenhum motivo”. Até o momento desta publicação, o perfil da influenciadora ainda permanece inacessível na rede social.

Publicidade