in

Luisa Mell sofre derrota para o cantor Zé Neto na Justiça, diz coluna

Segundo o colunista Erlan Bastos, o juiz responsável pelo caso determinou que a ativista apague a publicação.

(Reprodução/Instagram/@luisamell/@zenetotoscanooficial/Fotomontagem/Mateus Guimarães)

A ativista Luisa Mell teria sido derrotada na Justiça. O ganhador da causa seria o cantor sertanejo Zé Neto, que faz dupla com Cristiano. Luisa Mell acusava o artista de maus-tratos animais em diversos posts feitos nas redes sociais. As acusações, por sua vez, foram o motivo para Zé Neto levar o caso para os tribunais.

Publicidade

Em suas publicações no Instagram, a ativista acusava o cantor de maus-tratos quando o mesmo estava em uma romaria, no final de setembro. O juiz responsável pelo caso deferiu o pedido feito pelo sertanejo, que pedia a exclusão das postagens feitas o acusando de maus-tratos. “No prazo de dois dias a contar da ciência comprovada da presente decisão, remova a postagem”, dizia um dos trechos da decisão.

Entretanto, um vídeo de retratação feito por Luisa Mel deverá ser mantido no ar. A Justiça ainda determinou que, em caso da ativista descumprir a decisão, uma multa será aplicada. 

Publicidade

As informações foram apuradas e divulgadas pelo colunista Erlan Bastos, que assina coluna no portal Em Off.

Publicidade

A acusação contra Luisa Mell

O caso aconteceu após Zé Neto organizar uma caravana como pagamento de uma promessa. O cantor saiu da cidade de Camanducaia, interior de São Paulo, e foi até a cidade de Aparecida. Em sua romaria, ele percorreu o caminho todo montado em um burro. A ativista, defensora assídua dos animais, ficou revoltada e criticou a atitude do cantor nas redes sociais.

Publicidade

“O cantor Zé Neto resolveu fazer uma promessa, mas quem vai pagar é o burro”, disse ela em uma de suas postagens. Indignado, Zé Neto negou que os animais passassem por maus-tratos e indicou que o acompanhamento médico era feito cotidianamente. Foi então que ele entrou com uma ação, pedindo R$ 30 mil por danos morais e retratação pública perante à acusação.

Publicidade