in

Padre Fábio de Melo desabafa ao relembrar morte da mãe e cita depressão: ‘Sensação de que perdi tudo’

Religioso desabafou e contou mais sobre o sofrimento com a depressão e síndrome do pânico.

TV Globo

Figura bastante querida pelo público brasileiro, o padre Fábio de Melo participou do programa É de Casa, da TV Globo, nesta sexta-feira (22), e contou como tem sido conviver com o luto.

Publicidade

Em março deste ano, o religioso perdeu a mãe, Ana Maria Melo, que não resistiu às complicações da Covid-19. Por conta dos protocolos e o alto risco de infecção, Fábio de Melo não pôde vê-la. Na atração global, o religioso desabafou sobre a dura perda.

“Eu não tenho mais a oportunidade de dizer ‘oi, mãe’ ou de ligar pra ela. Então quando você rompe esse simbólico, alguma coisa acontece dentro da gente que a palavra não explica”, desabafou o sacerdote, afirmando ainda que busca entender o vazio que tem passado nos últimos meses.

Publicidade

Problemas

Ainda na entrevista, o padre Fábio de Melo abordou sobre saúde mental, citando sobre a luta contra o quadro de depressão e também síndrome do pânico, problemas recentemente revelados por ele.

Publicidade

“Então eu, quando conto aquilo que me ocorre – a minha depressão, síndrome do pânico, angústias -, estou reivindicando um direito de ser quem eu sou”, pontuou o religioso.

Publicidade

Desde a morte de Dona Ana Maria, Fábio de Melo já utilizou as redes sociais diversas vezes para desabafar sobre o luto e sempre é confortado por fãs. A mãe do religioso tinha 83 anos e passou 12 dias internada em uma unidade hospitalar de Uberlândia, em Minas Gerais. Após piora, ela foi levada para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A aposentada chegou a tomar a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, mas o religioso lamentou que a aplicação acabou sendo tardia demais, o que não impossibilitou a infecção. Como tinha problemas cardíacos, ela viu sua situação se agravar e acabou não resistindo.

Publicidade