in

Gênesis: Neferíades recebe o fim merecido por suas atitudes

Ex-esposa de Potifar tem seu rosto mutilado e necessita realizar um trabalho inusitado para sobreviver a pobreza.

Gênesis - Foto: Reprodução

Na reta final de Gênesis, Neferíades (Dandara Albuquerque) após ter sido descoberta que estava traindo Potifar (Val Perré) e assumir que acusou falsamente José (Juliano Laham) de tê-la estuprado, teve o fim merecido. O Faraó (Fernando Pavão) a condenou à morte juntamente com seu amante, Teruel (Amaurih Oliveira).

Publicidade

Contudo, Potífar, ao invés deixa-la ser executada, ordena que os soldados arranquem o nariz da ex-esposa, como forma de puni-la pelos seus crimes, e determina também que ela seja exilada do palácio. Teruel consegue escapar de da morte e foge para o campo, onde fica escondido.

Após alguns dias, Neferíades aparece com um manto em seu rosto, tampando o seu nariz que foi mutilado. A ex-esposa de Potifar, após o desfecho, torna-se prostituta como forma de sobreviver a pobreza. Ela joga seu charme para um comerciante que a vê pelo local, e em seguida, acompanha o homem que aceitou sua proposta.

Publicidade

No decorrer do tempo, Neferíades surge pedindo esmolas e sem clientes para pagar por seus serviços, até que depara com Potifar e se humilha perante ele suplicando para ser sua serva. “Por favor, Potifar! Eu não vou dar trabalho nenhum. Você nem vai saber que eu estou aqui. Não te custaria nada”, pede. Entretanto, o chefe da guarda não se comove com a súplica e humilha a ex-esposa, virando-lhe as costas.

Publicidade

Em outro momento, Neferíades encontra-se com seu amante Teruel, e acredita que pode reatar seu caso amoroso. Contudo, ele demonstra que não possui interesse, tendo em vista, ter conseguido um novo trabalho longe do palácio. Após, Teruel em um ato de compaixão, dá alimentos e água para a ex-amante e pede que ela vá embora. Ao final, Neferíades dá adeus a Teruel e segue seu caminho miserável, até que ela retira o manto que cobre seu rosto, e um vento carrega seu acessório e ela some no deserto.

Publicidade
Publicidade