in

A Usurpadora: resumo semanal de 18 a 22 de outubro

Paola arma o plano perfeito para matar Paulina, mas Teresa coloca tudo a perder em A Usurpadora.

Televisa

A série A Usurpadora chega em um momento decisivo, pois Paulina contará a verdade para Navas, enquanto Paola irá para a Colômbia se passando pela irmã.

Publicidade

Veja agora o resumo de A Usurpadora de 18 a 22 de outubro.

Segunda-feira (18/10)

Santiago aponta a arma para Paulina e exige saber sobre o paradeiro de Gonçalo e o carregamento de armas. Fernando salva Paulina. Paola fica brava por Navas ter salvo Paulina e desconta em Manuel.

Publicidade

Fernando confronta Paulina e ela diz que desde que levou o tiro perdeu contato com Gonçalo. Teresa se torna responsável em fazer com que a polícia pense que Santiago matou Gonçalo. Paula desabafa com Montserrat.

Publicidade

Navas fala das últimas descobertas com Carlos. Emílio vê uma reportagem na internet dizendo que sua mãe se suicidou. Santiago é morto por Teresa. Fernando e Paulina discutem. O ex-policial beija a primeira-dama.

Publicidade

Terça-feira (19/10)

Manuel escuta a conversa de Paulina com a enfermeira. Manuel avisa Montse que ela está dispensada. Manuel conta o que ouviu para Paola. Emílio é levado para a residência presidencial e um vídeo dele bêbado ganha os principais meios de comunicação do México.

Pedro conta para Fernando que é gay e tem medo de sair do armário, pois seu pai é um militar muito rígido que detesta gays. Emílio não perdoa o pai por ter lhe escondido a verdade. Paulina tenta apoiar o adolescente, que a expulsa de seu quarto.

Paola inventa uma mentira em um consultório médico. Carlos dá uma entrevista coletiva. Carlos descobre que Paola foi ao médico e que está tendo uma crise de nervos. Carlos começa a pensar que a esposa está enlouquecendo e cancela uma viagem.

Manuel liga para a patroa. Fernando vê Paola nas imagens de segurança e desconfia que foi ela que vazou para a imprensa a notícia sobre a mãe de Emílio. Diego é ameaçado pelo tio, que exige que ele seduza Lisette e lhe tire informações úteis.

Carlos discute com Paulina. Carlos decide internar a mulher em um hospital psiquiátrico, pois pensa que ela está louca. Montserrat é demitida e acusada de negligência por não contar nada ao presidente sobre seu problema de saúde. Paulina é levada a força para uma clínica psiquiátrica.

Quarta-feira (20/10)

Lisette sofre com a internação da mãe e pede permissão ao pai para vê-la. Carlos pede que Fernando visita Paulina na clínica. Paola e Teresa conversam. Paulina conta para Fernando que não é Paola, mas por estar em um hospital psiquiátrico, ele não acredita.

Diego decide terminar com Lisette, pois está com peso na consciência por tê-la usado. Fernando interroga Montse. Joana percebe que Arlete está furtando talheres caros da residência presidencial.

Teresa e Paola armam o assassinato de Paulina e planejam um falso suicídio. Carlos e Emílio conversam. Fernando investiga e descobre que Paulina disse a verdade. Ele corre para falar com Carlos, mas não consegue lhe dizer o que descobriu.

Molina e a oposição chantageiam Carlos. Teresa diz ao irmão que também matará Paola. Manuel vai a clinica psiquiátrica matar Paulina, mas se depara com Fernando. Manuel tenta avisar Paola que Teresa planeja matá-la. Manuel corre, mas Paola não o ouve, aciona o alarme do carro e o mesmo explode.

Quinta-feira (21/10)

Fernando diz para Paulina que já sabe que ela está falando a verdade. Navas persegue Teresa. Carlos confronta Fernando. No hospital em que Paola foi internada às pressas, encontram os documentos de Paulina e ligam para Olga, pedindo que ela vá para o México.

Paulina diz para Navas que Manuel é cúmplice de Paola e a mantém vigiada. Quando Paola acorda, Olga está ao lado de sua cama. Teresa apaga o arquivo de Paola no hospital. Emílio decide se tratar. Paola fica em choque e não fala com Olga.

Carlos avisa Paulina que aceita se divorciar dela. Paulina e Fernando voltam a se beijar. Ele a ajuda a fugir. Olga canta uma canção para Paola. Paola chora.

Sexta-feira (22/10)

Paulina encontra Fernando falando com sua amiga colorida. Paola está na casa da mãe e não sabe bem como reagir. Teresa mente para Manuel que Paola morreu e ele sofre. Fanjul faz uma grave revelação envolvendo Clara e Fernando para Carlos. O político chantageia Carlos.

Clara decide renunciar. Paulina pede que Montserrat volte a trabalhar com ela. Paola chantageia o falso médico contratado por Manuel. Teresa atende o telefonema de Paola e mente que Manuel morreu.

Paola é grossa com a mãe. A família de Paola a visita. Diego pede para se encontrar com Lisette. Diego volta a ser ameaçado pelo tio. Paulina e Fernando voltam a ficar juntos.

Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades