in

Infarto fulminante tira vida de apresentador com passagens por SBT e Record TV

Jornalista morreu aos 69 anos após sofrer infarto fulminante, de acordo com pessoas próximas.

Reprodução IPTC

O jornalismo está de luto em Minas Gerais. Na noite do último sábado (16), morreu o jornalista e apresentador Neuber Lúcio Soares, aos 69 anos. Pessoas próximas informaram que o comunicador morreu em decorrência de um infarto fulminante. O corpo de Neuber foi velado e enterrado na cidade de Contagem, neste domingo.

Publicidade

A trajetória de Neuber Soares chama a atenção. Em 1984, ele se formou em jornalismo na Fafi-BH. Entre 1985 e 2006, atuou no Diário da Tarde. No jornal impresso, o profissional dedicado brilhou nas editorias de política, cidades e polícia. Foi na TV que ele ficou famoso.

Nos anos 1990, Neuber Soares defendia o Cruzeiro no Bancada Democrática, da TV Alterosa, afiliada do SBT na região. No programa esportivo, ele tinha debates acirrados e bem-humorados com os torcedores de outras equipes, como ex-jogador Dadá Maravilha, do Atlético-MG.

Publicidade

Além de brilhar na afiliada do SBT na era de ouro dos programas esportivos na TV de Minas Gerais, Neuber Soares também passou pela Record TV. A morte do jornalista repercutiu nas redes sociais. Além do lado profissional, Neuber Soares tinha o importante lado pessoal.

Publicidade

Publicidade

O jornalista de 69 anos morava no bairro Santa Mônica, em Belo Horizonte, com a esposa e duas filhas. A família está muito abalada pela morte repentina de Neuber devido ao infarto fulminante. O Cruzeiro, time do coração de Neuber, emitiu nota lamentando o falecimento.  “Aos familiares, amigos e seguidores do trabalho de Neuber, nossos sinceros sentimentos neste momento de luto e tristeza”, escreveu o clube nas redes sociais.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!