in

Âncora da Globo chora ao despedir de telejornal após 10 anos e web reage: ‘Tem que ter competência’

César Tralli teve que se despedir do SP1, já que ele foi o escolhido para substituir Maju Coutinho no Jornal Hoje.

Reprodução/Globo

Na última sexta-feira, 15, o jornalista César Tralli, de 50 anos, comandou o SP1 pela última vez. Agora, o apresentador vai assumir o comando do Jornal Hoje, isso após a escolha de Maju Coutinho para substituir Tadeu Schmidt no Fantástico. Tadeu deixou o Fantástico para comandar o Big Brother Brasil após a saída de Tiago Leifert da Globo.

Publicidade

No programa de sexta-feira, 15, o jornalista discursou e, inclusive, não conteve às lágrimas. Tralli destacou que esteve à frente do SP1 por 10 anos, mas mesmo assim afirmou que já estava com saudade. “Tá chegando ao fim minha jornada no SP1”, disse.

O jornalista ainda aproveitou o momento para agradecer a generosidade dos internautas por deixá-lo almoçar com eles. Tralli ainda contou sonhar em levar notícias boas aos internautas e, por isso, ele diz que estão lá para informar e, assim, “combater tanta injustiça que ainda tem”. E mais, o âncora ainda pediu “com todo amor” que os internautas continuem recebendo Alan Severiano, que vai ser o seu substituto no SP1.

Publicidade

César Tralli agradeceu a toda a equipe do SP1, ressaltando que a cada dia que se passa ele valoriza mais o trabalho em equipe. “Eu só represento vocês”, destacou.

Publicidade

O jornalista contou ainda que a partir da sexta-feira ele iria sair e férias e, no fim do mês, ele passa a encontrar os telespectadores um pouco mais tarde, no Jornal Hoje. “Vamos continuar almoçando juntos”, afirmou o jornalista, que ainda finalizou agradecendo: “Obrigado, de coração”.

Publicidade

Após a sua despedida, o estudante de jornalismo Nico repercutiu sobre o assunto no Twitter. Anexando um vídeo da despedida de Tralli, ele destacou que nem todo mundo tem a honra de ser aplaudido na sua despedida de um trabalho. “Tem que ter competência”, destacou.

Publicidade