in

46 mortos e 40 feridos: Renata Vasconcellos começa JN com notícia de arrepiar

Âncora do Jornal Nacional começou telejornal com triste notícia de Taiwan.

Reprodução Globo

Renata Vasconcellos apresenta o Jornal Nacional ao lado de William Bonner, na TV Globo. A âncora do JN começou a edição desta quinta-feira com uma notícia triste. Em sua primeira aparição após a escalada de notícias, Renata Vasconcellos deu a informação sobre incêndio em prédio.

Publicidade

O caso aconteceu em Taiwan e deixou muitos mortos e feridos. “Quarenta e seis pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas”, afirmou Renata Vasconcellos ao vivo no telejornal mais assistido da TV Brasileira. Enquanto as imagens do incêndio apareciam na tela, Renata deu mais detalhes.

Segundo ela, o prédio tinha 13 andares e contava com uma parte comercial. Este setor estava abandonado. Renata também informou aos telespectadores que moradores relataram ter ouvido uma explosão durante a madrugada. As cenas do local eram de muito fogo e bombeiros trabalhando.

Publicidade

JN com notícias policiais

A edição do Jornal Nacional levou ao ar algumas notícias da editoria de polícia. Uma das notícias foi o tiroteio que deixou seis mortos e 30 feridos no Líbano. O JN também mostrou que policiais brasileiros foram chamados para reforçar a segurança na fronteira com o Paraguai. Sete pessoas morreram na região nos últimos dias.

Publicidade

O telejornal também mostrou que oito militares foram condenados pela morte de um músico e de um catador no Rio de Janeiro. Renata Vasconcellos também informou aos telespectadores que policial acusado de matar adolescente de 15 anos na zona sul de São Paulo foi absolvido pela PM. O policial absolvido aparece nas imagens de câmera de segurança ao lado do adolescente morto.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!