in

Áudio vazado indica que Galvão Bueno supostamente chamou Neymar de idiota ao vivo; tire suas conclusões

Vídeo associa a voz do narrador com xingamento vazado na transmissão ao vivo.

REPRODUÇÃO/SPORTV

A relação de Neymar com a imprensa esportiva brasileira, há tempos não é das melhores. O jogador se recusa a dar entrevistas e sempre que pode alfineta as pessoas que estão na transmissão dos jogos. Do outro lado, comentaristas também chegam a pegar pesado nas críticas ao atleta que é o maior expoente do futebol brasileiro no mundo atualmente.

Publicidade

Essa rixa ganhou um novo capítulo na partida entre Colômbia e Brasil, no início da noite do último domingo (10/10). O jogo, que terminou empatado em 0 a 0, foi válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo e mostrou um futebol bem pobre da Seleção Brasileira. O jogo teve poucos lances de perigo e o que mais chamou a atenção de quem assistiu a transmissão da Globo foi o possível xingamento de Galvão Bueno a Neymar.

No final da partida, o repórter Eric Faria informou que Neymar desceu para o vestiário assim que o árbitro deu o último apito. Ao contrário de seus colegas de grupo, ele não ficou em campo para cumprimentar os jogadores da Seleção Colombiana e nem quis dar nenhuma entrevista aos repórteres que ficam a beira do gramado. Nesse instante, é possível ouvir ao fundo alguém dizendo ‘idiota’.

Publicidade

Rapidamente, o vídeo contendo o áudio vazado de dentro do estúdio da transmissão, começou a ser compartilhado nas redes sociais com os internautas afirmando que a voz ao fundo é de Galvão Bueno, e que o xingamento seria endereçado a Neymar.

Publicidade

Depois do vídeo viralizado, memes começaram a repercutir o fim da relação de Galvão Bueno com Neymar, que nos tempos de Copa do Mundo sempre foi muito amistosa.

Publicidade

A Globo ainda não se manifestou sobre essa pequena falha em sua transmissão do jogo entre Colômbia e Brasil.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com