in

Galvão Bueno tem 80% do seu salário cortado pela Globo; valores impressionam

Narrador de 71 anos se transformou em um ícone da televisão brasileira com inúmeros bordões.

Reprodução/TV Globo

O narrador Galvão Bueno se tornou um verdadeiro ícone da televisão brasileira e se tornou muito famoso por narrar os jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo, além de outras modalidades esportivas, como as Olimpíadas e a Fórmula 1. O narrador chegou à TV Globo no ano de 1981 e se trabalha na emissora até os dias de hoje.

Publicidade

Apesar da grande fama e de ser considerado uma das estrelas do elenco da Globo, Galvão também sofreu com a política de corte de gastos da emissora. A Rede Globo está passando por uma reformulação desde o ano de 2019 e vem tentando cortar seus gastos.

Recentemente, a emissora resolveu liberar os apresentadores Fausto Silva e Tiago Leifert. A emissora já conseguiu um corte de R$ 281 milhões em salários, contudo, mesmo com um corte tão elevado a empresa ainda constatou um prejuízo de R$ 141 milhões. Um dos principais culpados pelo prejuízo são justamente os eventos esportivos.

Publicidade

A Globo possui uma política rigorosa de sigilo e não divulga os salários de seus colaboradores, contudo, de acordo com o jornal Metrópoles, Galvão recebia cerca de R$ 5 milhões mensais. Com o corte de 80%, receberá “apenas” R$ 800 mil por mês. 

Publicidade

Galvão começou a sua carreira na Rádio Gazeta, em 1970. Onze anos depois foi contratado pela TV Globo, onde permanece até os dias atuais, tendo apenas uma pequena saída entre os anos de 1992 e 1993. Além, das transmissões esportivas, Galvão também comanda o programa “Bem Amigos”, do canal SporTV, desde o ano de 2003. 

Publicidade
Publicidade