in

Bruno desiste de aposentadoria e volta ao futebol; mãe de Eliza dispara: ‘Não depositou um centavo para o filho’

Aos 36 anos de idade, o goleiro defenderá um time amador do Rio de Janeiro.

Canal do YouTube/ Luiz Claudio Amaral/PrtScr M.R

Ainda respondendo pela morte de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes parece ter desistido da ideia de se aposentar. De acordo com o Jornal O Dia, Bruno havia informado que deixaria os gramados para se dedicar somente ao mercado financeiro, porém, foi contratado pelo clube amador Cidade Nova, de Iguaba Grande.

Publicidade

Aos 36 anos, Bruno responde pelo crime em regime semiaberto e reside na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. Em suas redes sociais, o atleta surgiu com o uniforme do clube e agradeceu pelo carinho e respeito da equipe. Fora do campo, Bruno também responde a um processo movido pela mãe de Eliza Samudio.

Sônia Moura, que detém a guarda do filho de Bruno, alega que em todos esses anos, jamais recebeu ajuda financeira do goleiro. De acordo com as investigações, a morte de Eliza foi motivada por um pedido de reconhecimento de paternidade ao goleiro. A Justiça concluiu que Bruno foi o mandante do assassinato.

Publicidade

O processo de pensão alimentícia foi aberto quando minha filha ainda estava viva. Até hoje, Bruno não depositou um centavo para o filho. Nenhum oficial de Justiça consegue citá-lo“, desabafou Sônia. Bruno foi preso no auge de sua carreira quando defendia o Flamengo. Até hoje, o corpo de Eliza Samudio não foi localizado e seu paradeiro segue um mistério.

Publicidade

Desde então, a mãe da modelo segue lutando pelos direitos do neto e batalhando para que os condenados pelo crime revelem onde está o corpo da filha. Sônia afirma que nenhum direito do neto foi respeitado desde o seu nascimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade