in

Globo planeja demissão em massa e deverá optar por terceirizações; diz jornalista

O Grupo Globo estaria trabalhando na redução de custos e isso envolveria a demissão de vários colaboradores.

Reprodução/Globo

A TV Globo é um dos maiores canais de televisão do planeta. Dona de um grande número de sucessos em sua história, a rede da família de Roberto Marinho se mantém na liderança de audiência há várias décadas, mas a mudança na forma dos espectadores consumirem conteúdos como entretenimento, jornalismo e esportes fez com que o canal buscasse mudar sua forma de fazer negócio.

Publicidade

Além da demissão de vários medalhões do seu elenco, agora o canal estaria planejando demitir vários profissionais do setor operacional. Segundo o jornalista Gabriel de Oliveira, do portal TV Pop, os cortes deverão ser realizados ainda em 2021 ou até o começo do próximo ano. 

Na alta cúpula do canal, inclusive, já estaria dada como certa e irreversível a demissão dos colaboradores para que o setor operacional fosse terceirizado, dando para o grupo a possibilidade de maiores investimentos em tecnologias e modificações no Globoplay.

Publicidade

Internamente, os cortes estariam sendo considerados como “a morte do Q de Qualidade”, uma das principais marcas da Globo. A matéria do TV Pop ainda detalha que alguns erros durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio só aconteceram porque a emissora já estava tentando reduzir a quantidade de profissionais trabalhando por trás das câmeras.

Publicidade

Vale lembrar que a Globo não será pioneira nesse tipo de ação. A Record TV é um dos exemplos de emissoras que optaram por trabalhar com as produtoras para baratear a mão de obra. A dramaturgia e programas como A Fazenda são totalmente produzidos por empresas terceirizadas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.