in

Império: morte de Silviano fez ator cair no choro; cena forte chama a atenção

Em Império, Silviano terá uma morte bastante tensa após tentar vingar o assassinato do filho.

(Reprodução/TV Globo/Fotomontagem/Mateus Guimarães)

Em Império, Silviano (Othon Bastos) é um vilão frio e calculista, que começou a trama como um personagem bonzinho e, com o passar da história, mostrou todas as suas nuances de um sociopata. Na novela de Aguinaldo Silva, a transformação do personagem garantiu um gosto dos telespectadores pelo vilão.

Publicidade

Como ex-mordomo da família Medeiros, Silviano, na realidade, escondia em seu passado o fato de ter sido casado com Maria Marta (Lilia Cabral). Com o objetivo de por um fim em José Alfredo (Alexandre Nero) e destronar o empresário, Silviano viverá uma sequência trágica até o seu final bastante pesado, marcado para o último capítulo. 

Em cenas da reta final de Império, Silviano acabará morto por Josué (Roberto Birindelli), parceiro de José Alfredo. Enfurecido pela morte de Maurílio (Carmo Dalla Vecchia), seu filho, o ex-mordomo apontará uma arma para o Comendador, mas acabará recebendo disparos às costas do motorista de Zé. O final triste, trágico e pesado mexerá com os telespectadores, assim como mexeu com o ator em 2015.

Publicidade

Ator revela choro no set de gravação de Império

O veterano Othon Bastos já era idoso à época da gravação original de Império e contou que a enxurrada de emoção na cena foi completamente real, visto que o diretor fez o pedido para tal. “Você tem que ter a emoção de saber que o seu filho foi morto. Vai jogando a emoção que você sentir”, relatou Othon, em entrevista feita em 2015, quando a novela foi originalmente gravada.

Publicidade

Emocionado, o ator revelou que começou a chorar copiosamente, mesmo após a cena ser finalizada. “Eu estava totalmente sem controle”, detalhou. “Eu não consegui parar de chorar”, completou o ator.

Publicidade

Além disso, Othon elogiou o trabalho do diretor ao não permitir ensaios da cena. Segundo o veterano, o momento foi inteiramente real, com emoções verdadeiras no último capítulo de Império.

Publicidade
Publicidade