in

Novelas mexicanas esquecidas pelo público que poderiam ser sucesso no SBT

O SBT encontrou nas novelas mexicanas o seu ponto diferencial na grade de programação da televisão brasileira.

(Divulgação/Televisa/Fotomontagem/Mateus Guimarães)

Atualmente as novelas mexicanas aparecem como a grande atração na grade de programação do SBT. Já há alguns anos integrando a emissora, as produções da Televisa ganharam o coração dos brasileiros, que se encantou com Maria do Bairro (1995) e A Usurpadora (1998), por exemplo, mas poderia ter se atraído por tantos outros excelentes folhetins da emissora do México.

Publicidade

Tramas mexicanas que encantariam o público brasileiro

Um dos títulos que mais agrada aqueles que acompanham de perto as produções mexicanas é Ángela (1998), um dramalhão protagonizado por Angélica Rivera e Juan Soler. O Brasil passou longe de conhecer a trama, que sequer ganhou um remake – como é costume de acontecer no país. 

Na história, um bom clichê mexicano que envolve a busca por vingança da protagonista e, como de costume, inúmeras revoltas, que envolvem tragédia, melodrama e, claro, ações macabras capazes de encantar o público. 

Publicidade

Enquanto isso, Para Volver a Amar (2010) é outra excelente produção que não ganhou o carinho dos brasileiros. Com elenco recheado de estrelas conhecidas do público brasileiro, a trama não ganhou espaço na grade do SBT, embora tenha muita qualidade. O grande destaque da trama está no seu diferencial: seis protagonistas diferentes com dramas diversos e situações muito mais realistas.

Publicidade

Com um fio condutor diferente, Yo No Creo En Los Hombres (2014) é um conto de fadas moderno, que explora um lado mais fantasioso das novelas mexicanas. Contudo, nem por isso deixa de ter a sua qualidade, particularidade e todos os requisitos necessários para encantar o público no Brasil.

Publicidade

Por fim, A Que No Me Dejas (2015) é o título mais recente e com grande potencial no Brasil. A história é marcada por barracos, discussões, tragédias e, claro, muito drama, do jeito que o brasileiro ama nas novelas mexicanas.

Publicidade
Publicidade