in

Mãe de Nego do Borel desabafa nas redes sociais e diz quem seriam os responsáveis pelo sumiço de seu filho

Roseli usou as redes sociais para soltar o verbo acerca das circunstâncias que cercam o desaparecimento de Nego do Borel.

Reprodução/Instagram/Instagram/Montagem: Higor Mendes

Nesta segunda-feira (4), a mãe do funkeiro Nego do Borel, Roseli Viana, usou as redes sociais para desabafar a respeito do desaparecimento de seu filho. De acordo com a mãe do rapaz, os verdadeiros responsáveis pelo que está acontecendo são os usuários das redes sociais e as páginas de fofocas.

Publicidade

Utilizando os stories de seu Instagram, Roseli falou sobre os constantes ataques sofridos pelo artista e afirmou que os “juízes da internet” são os responsáveis pela morte de muitas pessoas.

“Instagrans e páginas de fofoca também são responsáveis diretamente por isso, promovem ódio gratuito com textos tendenciosos atacando diretamente as pessoas”, afirmou Roseli.

Publicidade

Publicidade

Em outro momento do desabafo, a mãe de Nego do Borel comparou os problemas encarados por seu filho com a morte repentina de outro funkeiro, MC Kevin. De acordo com ela, depois que o pior acontece, as pessoas querem realizar inúmeras postagens para “ganhar biscoito”, como teria acontecido com MC Kevin.

Publicidade

O desaparecimento do cantor foi confirmado pelo portal Notícias da TV diretamente com a equipe do mesmo, após a informação ser divulgada por Fabia Oliveira, do portal de notícias O Dia.

De acordo com a publicação da colunista, Nego teria desaparecido por volta do meio-dia, após sua mãe ter sido notificada por meio de amigos que ele estaria realizando ligações para algumas pessoas de seu círculo utilizando um tom de despedida.

Ao chegar na residência do filho, Roseli teria, então, notado um comportamento confuso por parte dele, que pronunciava palavras sem nexo. Logo depois, mesmo com sua mãe implorando para que ele não fosse embora, Nego pegou o carro, saiu e, desde então, não entrou mais em contato.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.