in

A Usurpadora: resumo de 6 a 8 de outubro

Paola decide matar Paulina para forjar a própria morte e ainda se vingar da irmã em A Usurpadora.

Televisa/Univision

Após a pré estreia dia 29 de setembro, com uma versão compacta do primeiro capítulo, A Usurpadora entra oficialmente na grade do SBT. A trama estreia logo após o último capítulo de Chiquititas, por volta das 21h30, horário oficial de Brasília.

Publicidade

Vale ressaltar que A Usurpadora que será exibida pelo SBT, não é uma novela, nem um remake literal do filme que deu origem a novela dos anos 90. A série possui 25 capítulos e conta uma história distinta, em que Paola é uma assassina com sérios problemas emocionais, enquanto Paulina não é ingênua como a versão de Gaby Spanic. A moça, aliás, se envolve com três homens na história.

Veja agora o resumo dos primeiros capítulos de A Usurpadora de 6 a 8 de outubro.

Publicidade

Quarta-feira (06/10)

Carlos Bernal observa uma greve de trabalhadores de todo o país. A assessora aconselha o presidente. Paola encontra um bilhete embaixo de uma bebida. É o detetive que ela contratou para localizar sua mãe e irmã biológica.

Publicidade

No dia seguinte, a família presidencial é convidada para uma sessão de fotos para melhorar a imagem de Carlos Bernal. Emílio mais uma vez se embriaga. Gonçalo recebe um presente de Paola.

Publicidade

Paola e Carlos jantam com amigos. Ela pede o divórcio e ele se nega. Eles brigam e ela decide se separar do jeito dela, já que o marido só pensa em manter as aparências. Paola se encontra com Gonçalo. Os dois marcam de ficar algumas semanas fora e ela pensa em usar Paulina para escapar.

Manuel liga para Paulina e mente que sua empresa está interessada em fazer uma doação para sua instituição, marcando uma viagem para ser entrevistada no México. Paulina é drogada pela falsa aeromoça e acorda em uma cabana, amarrada, diante de Paola.

Paulina se recusa a ficar no lugar de Paola, que por sua vez diz que se ela não o fizer, causa uma parada cardíaca em sua mãe em poucos minutos. Ela mostra um vídeo de um falso médico dando medicamentos para sua mãe na Colômbia.

Paola treina Paulina. Chega o dia da troca. Paola finge que vai ficar alguns dias em um spa, relaxando do estresse de ser a primeira dama. Paulina chega na casa presidencial e é recebida por Piedade. Manuel ajuda a usurpadora a agir diante da sogra de Paola. Paola desabafa com Gonçalo e fala de seu rancor pela irmã, que ficou com a mãe biológica e não ela. Paulina surge na sacada da residencial presidencial com Carlos, e é atingida por um tiro.

Quinta-feira (07/10)

Gonçalo fica chocado com Paola mandando matar a irmã gêmea para forjar a própria morte e a chama de louca. Paola tem uma crise de nervos. Lisette chora com medo da mãe morrer. Emílio tem uma crise de pânico com o atentado e se esconde no quarto.

Carlos pede que a assessora chame Nava para investigar o atentado. Nava começa a investigar em segredo. A mãe de Paulina ora por ela e por Paola. Paola se embriaga. Paola descobre que Paulina não morreu e dá ordens para que Manuel termine o serviço.

Manuel tenta matar Paulina, mas Carlos chega no quarto neste momento. Paulina tenta contar a verdade para Carlos, mas vê Manuel e desiste. Lisette visita a mãe e Paulina pede seu celular emprestado. Ela avisa o namorado que vai ficar mais tempo no México.

Paola e Gonçalo se reconciliam. Manuel telefona para a chefe e pede que ela volte imediatamente, pois `Paulina está viva e pode contar tudo a qualquer momento.

Sexta-feira (08/10)

Gonçalo e seu parceiro no tráfico se enfrentam. O homem quer que Gonçalo mate Paola. Paola tem uma crise de nervos ao saber que Paulina está viva. Carlos se diverte tendo relações com sua assessora de campanha.

Paulina recebe alta e retorna para a residência presidencial como Paola. Emílio trata Paola da pior maneira, além de estar embriagado. Nava consegue uma foto do atirador do atentado. Manuel decide se livrar do atirador antes que ele fale demais.

Nava conversa com o presidente. Manuel e Teresa estão na casa de Guilherme. Teresa mata o atirador. Paulina conta a verdade para sua enfermeira e elas se tornam boas amigas. Paulina tenta fugir com a ajuda da enfermeira. Paola e Gonçalo se desentendem.

Ao tentar fugir, Paulina vê Emílio armado diante de um acampamento em frente à residência presidencial e sente que precisa intervir, perdendo sua chance de fugir. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades