in

Marinalva Callegario transformou mindstet de milhares de mulheres durante a pandemia

Marinalva compartilha os pilares do Método Vida Extraordinária (MVE) que ajudou mais de 4.000 mulheres a superarem obstáculos em diversas áreas da vida.

Reprodução/Instagram

Os desafios emocionais e toda a desordem psicológica causada pela pandemia fez das mulheres um dos grupos societários que mais teve a saúde mental prejudicada. O público feminino, em sua maioria, teve que lidar com jornadas intensas de cuidar dos filhos, da casa e ainda trabalhar, tudo em um mesmo espaço. Com esse novo padrão de vida veio aumento do stress e atenção redobrada com a saúde mental para não adoecer.

Publicidade

Muitas recorrem à internet para buscar ajuda. Esse comportamento fez a master coach Marinalva Callegario ganhar mais de 200 mil seguidoras em seu perfil no Instagram @marinalvacallegario, crescer 300% de forma orgânica no Youtube e popularizar o Método Vida Extraordinária (MVE) para mais de 4.000 mulheres. A metodologia se baseia em 11 pilares: espiritual, profissional, financeiro, familiar, relacionamentos, doação, saúde (inclui também sexualidade e cuidados com a imagem), social, filhos, intelectual e conjugal.

“Muitas mulheres chegam até o meu perfil com depressão, crises de ansiedade e baixa auto estima. Uma das histórias que mais me marcou foi de uma aluna que decidiu se separar de um casamento de 42 anos, após consumir todo um material gratuito chamado ‘ “A Jornada do Amor Próprio’, guia prático de autoconhecimento feminino que a fez perceber porquê passou a vida aceitando migalhas e decidir que não queria mais isso para ela, porque agora sabia o seu real valor,” explica a psicóloga

Publicidade

Um estudo realizado pelo Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP) revelou que as mulheres apresentaram mais sintomas psicológicos, como ansiedade e depressão, ao longo da pandemia. Um dos fatores, segundo a master coach, que pode ter desencadeado esse processo é o positivismo extremo ou negatividade tóxica, que seria uma tentativa de negação dos sentimentos ruins.

Publicidade

“Esse é um mecanismo de defesa que consiste em ignorar sentimentos desconfortáveis, mas que mais tarde virão à tona de alguma outra maneira, seja em forma de doenças físicas ou psíquicas,” pontua Callegario. A positividade tóxica também pode ser observada em pessoas que cultivam uma vida falsamente perfeita nas redes sociais e vivem se comparando com os demais.

Publicidade

A pandemia fez com que, cada vez mais, as pessoas usassem as redes sociais como um espaço de fuga da realidade. “Isso pode trazer danos psicológicos para as pessoas que têm o hábito de se comparar e começam então a cultivar uma insatisfação cada vez maior, uma vez que percebem que suas vidas não são tão “perfeitas” como a vida de seus ídolos e influenciadores digitais,” conclui Callegario.

Sobre Marinalva Callegario

É embaixadora do Amor Próprio, como é conhecida pelos mais de 270 mil seguidores no Instagram e 390 mil no YouTube, divide seu tempo na produção de conteúdo para seu canal (que tem crescido surpreendentemente), com diversos vídeos e palestras que tem como objetivo ajudar pessoas de forma gratuita, a superarem seus problemas, melhorarem sua autoestima e desenvolverem seu amor próprio. Cada vez mais satisfeita com as escolhas tomadas na sua trajetória, ela também projeta contribuir com instituições de caridade ao redor do mundo.

Publicidade
Publicidade