in

‘Brutalmente desfigurada’, desabafa Linda Evangelista após procedimento estético mal sucedido

A top model utilizou suas redes sociais para fazer um grande desabafo sobre tudo que o procedimento lhe causou.

Reprodução/Metrópoles

A top model Linda Evangelista, uma das mais bem pagas da década de 90, utilizou suas redes para contar detalhes sobre um procedimento mal sucedido e revelou ter ficado: “brutalmente desfigurada”. A modelo se submeteu ao tratamento conhecido como CoolScupting e sofreu com alguns efeitos colaterais após a cirurgia.

Publicidade

A modelo canadense, de 56 anos, explicou que o tratamento estético prometia diminuir suas células de gordura, mas acabou gerando um resultado oposto ao esperado. Linda decidiu desabafar nas redes sociais após receber vários questionamentos sobre sua carreira estar parada, já que a carreira de colegas continuavam prosperando na indústria da moda.

Linda Evangelista começou o desabafo afirma que dei o primeiro passo para corrigir um dos maiores erros sofridos em sua vida, além de ressaltar que guardou o problema para si mesma por mais de cinco anos. Ela aproveitou para esclarecer que, o motivo de sua carreira ter estagnado nos últimos anos, foi que o CoolScupting deixou seu corpo bem desfigurado, fazendo o oposto do que lhe foi prometido.

Publicidade

Além disso, a modelo declarou que o procedimento aumentou suas células de gordura e deixou deformações permanentes, não conseguindo repará-las mesmo após duas cirurgias corretivas dolorosas e malsucedidas. 

Publicidade

A Top Model ainda afirmou que não foi devidamente avisada de todos os efeitos colaterais que poderia ter com o procedimento e acabou desenvolvendo HAP (Hiperplasia adiposa paradoxal). Linda desabafou que o HAP não destruiu apenas sua carreira como modelo, mas também acabou levando à uma depressão profunda e as profundezas da auto-aversão. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade