in

Morre grande ícone do esporte ao 42 anos; ela estava grávida do primeiro filho: ‘Uma pessoa do bem’

A ex-jogadora era tetracampeã nacional e morava na cidade de Campinas com o marido.

pinterest

A tetracampeã brasileira, Geisa Oliveira, morreu nesta última sexta-feira, 17 de setembro, aos 42 anos. A jogadora da liga de Basquete Feminino sofreu uma parada cardiorrespiratória. A ex-pivô estava vivendo um momento muito especial da sua vida. Ela estava grávida de três meses do seu primeiro filho, segundo informou a Liga.

Publicidade

A tetracampeã morava com o marido na cidade de Campinas, que fica localizada no interior do estado de São Paulo. O presidente da Liga de Basquete Feminino (LBF), Ricardo Molina, falou sobre a perda da atleta.“Vai fazer muita falta. Tive a oportunidade de trabalhar com ela como jogadora em Americana e como representante na LBF. Uma pessoa do bem que nos deixa. Meus sentimentos à família”, desabafou Ricardo Molina, que deixou claro a admiração que tinha pela atleta.

Geisa Oliveira era natural de São Paulo e deu início a sua trajetória no esporte aos 12 anos, atuando no Clube de Regatas Tietê. Quando completou 18 anos fez parte do elenco do Americana, sendo campeã nacional pela primeira vez. A atleta também fez história na seleção brasileira por anos, trazendo grandes conquistas para o Brasil.

Publicidade

Publicidade

A notícia da morte da atleta gerou grande tristeza nos familiares, amigos e fãs do esporte. Geisa Oliveira foi campeã nacional em quatro oportunidades, sendo duas com a Americana, uma com o Vasco e outra com o Ourinhos. A  pivô de 1,89 m também atuou no basquete europeu, em equipes da Espanha, da Itália e da Hungria, sempre com muito talento e comprometimento com o esporte.

Publicidade
Publicidade