in

Record TV fará reunião com Bruno Peruka para que ele desista do pedido de demissão

O apresentador receberá algumas propostas profissionais para que permaneça na emissora.

Record TV

A alta direção da Record TV marcou para a próxima quarta-feira, 22 de setembro, uma reunião em caráter de emergência com o principal objetivo de que Bruno Peruka permaneça na emissora e cancele o seu pedido de demissão.

Publicidade

Vale lembrar que o apresentador tomou essa decisão após ficar sabendo pela internet que perderia o comando do primeiro horário do Balanço Geral e o seu posto seria ocupado por Eleandro Passaia, recém-contratado pelo canal.

Bruno Peruka já aceitou se encontrar com os ex-patrões e como está no Paraná, onde reside com a família, terá todas as despesas da viagem custeadas pela Record TV. Entre as propostas que serão oferecidas ao apresentador para que ele concorde em reverter a situação, está a de transformá-lo em repórter especial.

Publicidade

No caso dele aceitar essa incumbência, Peruka, em parceria com Celso Zucatelli, também fará parte no rodízio de substitutos e plantonistas nos telejornais de apelo popular, que são exibidos pela emissora.

Publicidade

Outra possibilidade a ser oferecida pelo departamento de Jornalismo da Record TV seria colocá-lo no comando de um programa de grande aceitação dos telespectadores como Balanço Geral ou Cidade Alerta, mas em algumas das afiliadas do Paraná, como Curitiba ou Maringá. Isso não impediria o apresentador de cobrir a folga e férias de outros profissionais sempre que a emissora o escalar em caso de necessidade.

Publicidade

No entanto, Bruno Peruka já confidenciou que está fora de cogitação o seu retorno à Record TV, pois a maneira como se deu a sua saída do Balanço Geral demonstrou pouco caso e desprestígio em relação ao seu trabalho.

Publicidade
Publicidade