in

Assistente de palco do Ratinho comenta prisão de ex-namorado após ser agredida e ameaçada: ‘Aliviada’

O policial Erik Becker foi detido na manhã da última quinta-feira (16), em São Paulo.

UOL | Divulgação

Na última semana, a assistente de palco do Programa do Ratinho, Rhenata Schmidt, desabafou sobre estar sendo perseguida pelo ex-namorado, o policial Erik Becker. O ex-casal se relacionou por apenas 3 meses até o rompimento da relação, que segundo a assistente de palco, teria sido motivado por agressões e ameaças por parte do policial.

Publicidade

De acordo com o site UOL, Rhenata deu entrada a um boletim de ocorrência contra o ex-namorado no último dia 29 de agosto. O policial teria ficado bastante nervoso dentro do apartamento da modelo, tendo lhe proferido ameaças. Rhenata acionou a polícia e, após conversas, autorizou que Erik retirasse alguns pertences do apartamento.

Mais tarde, a assistente de palco teria dado por falta de alguns objetos como celulares e carteira, além de um pássaro de sua propriedade. Na manhã da última quinta-feira (16), o policial foi detido em São Paulo por tentativa de estelionato, furto qualificado e ameaça. O policial teria, inclusive, ameaçado publicar fotos íntimas de Rhenata.

Publicidade

A assiste de palco desabafou sobre a prisão do ex. “Me sinto muito aliviada por mim e todas as vítimas anteriores, e em saber que não haverão próximas, porém, como ele é uma pessoa de perfil perigoso, continuo atenta e temo possíveis retaliações externas“, disse Rhenata.

Publicidade

Além de ser policial, Erik possui uma empresa de treinamento de atiradores e é figura conhecida nas redes sociais, onde dá aulas de Direito Penal para concurso. Até o momento, a defesa do ex de Rhenata não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade