in

Em Império, Cora morre após alucinar com noite quente com José Alfredo: ‘Deitou comigo e me amou’

Nos próximos capítulos de Império, Cora terá um surto após suposta noite de amor com o Comendador.

(Reprodução/TV Globo/Fotomontagem/Mateus Guimarães)

Nos próximos capítulos de Império, Cora (Marjorie Estiano) vai realizar a sua tão sonhada noite de amor com José Alfredo (Alexandre Nero). Sedenta pelo Comendador, ela terá a sua noite quente com seu grande amor pouco antes de morrer. Isso porque ela levará um tiro para salvar a vida de José Alfredo.

Publicidade

Tudo terá início quando, durante uma homenagem da escola de samba União de Santa Teresa ao empresário, Maurílio (Carmo Dalla Vecchia) estiver no local pronto para atentar contra a vida do Comendador. Impiedoso, o bandido será observado de perto por Cora, que invadirá a apresentação, se colocará na frente de José Alfredo, recebendo o tiro no local de seu grande amor.

Cora tem noite quente com José Alfredo em Império

Publicidade

Encaminhada ao leito de hospital após ser alvejada, Cora terá uma noite quente com José Alfredo. “Te fiz tão mal”, dirá Cora, surpresa com o aparecimento de Zé no seu quarto. O homem de preto ironizará, afirmando que ela salvou a vida dele e merece uma recompensa por isso.

Publicidade

Declarando-se para o Comendador, a cunhada de Zé rapidamente será interrompida pelo empresário, que a prometerá saciar o desejo que ela nutre. “Foi pra isso que vivi! Pra me entregar a você, pra ser sua”, desabafará a megera, afirmando que sonhou com o momento íntimo entre os dois durante todas as noites de sua vida. 

Publicidade

Na sequência da cena, Zé desabotoará a camisa, retirará o seu cinto e olhará para Cora, desejando-a. Ele relatará os momento íntimos que a vilã tanto sonhou ao lado do Comendador. “Tirava sua virgindade que você guardou pra mim com tanto zelo”, contará ele, enquanto os dois se agarram. “Você foi meu, Zé”, dirá ela, aliviada.

José Alfredo se despede de Cora em Império

Despedindo-se, ele dirá que sempre estará na memória da bandida, declarando-se à ela, para a alegria da megera, que tanto esperou por isso. Aliviada, ela terá seu sonho realizado. Contudo, ela jamais imaginaria que o sonho realizado seria tão literal.

Isso porque, na sequência da trama, Cora estará conversando com uma enfermeira do hospital, contando sobre a noite quente que teve com o cunhado. A profissional da saúde, no entanto, avisará que ninguém esteve no quarto de Cora durante a noite. A megera, então, estranhará. “Deitou comigo e me amou”, relatará.

Imediatamente a enfermeira negará, enquanto Cora terá um ataque de fúria, que a desestabilizará completamente, por ter sonhado com sua noite de prazer ao lado de seu grande amor. Não demorará para que a crise desencadeie a morte de Cora em Império.

Publicidade
Publicidade