in

Do luxo ao presídio de segurança máxima: preso há 2 meses, DJ Ivis mostra que o mundo dá voltas

Após agredir a mulher, Pamella Holanda, o Dj foi preso em um condomínio de luxo e de lá pra cá já teve oito habeas corpus negados na Justiça.

Reprodução/Divulgação/ Metropóles/Redes Sociais

Nesta terça-feira, 14, o caso do DJ Ivis, preso após agredir a ex-mulher, Pamella Holanda, completa dois meses, e ainda é muito lembrado pelos internautas. Iverson de Souza Araújo foi detido em um condomínio de luxo em Aquiraz, localizado na Região Metropolitana de Fortaleza, após ter sido acusado de agredir Pamella e, não demorou muito para que o caso ganhasse indignação nacional.

Publicidade

Atualmente, o DJ continua preso no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, localizado na cidade de Itaitinga.

Em agosto, a defesa do DJ Ivis realizou um pedido de habeas corpus, contudo, o mesmo foi negado pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Na ocasião, por dois votos a um, os desembargadores da 1ª Câmara Criminal decidiram que o artista deve continuar preso. Com esse, DJ Ivis já teve oito habeas corpus negados na Justiça. Quatro deles no STJ (Superior Tribunal de Justiça) dois no Tribunal de Justiça do Ceará e dois no STF (Supremo Tribunal Federal).

Publicidade

Diante da grande repercussão do caso, o artista se encontra detido em uma situação especial de segurança, para que assim a sua integridade física seja mantida.

Publicidade

Toda a repercussão em torno do assunto teve início após vídeos divulgados pela arquiteta Pamella Holanda. Nas imagens, ela aparece levando chutes, socos e puxões de cabelo do até então marido, durante uma das brigas do casal.

Publicidade

Em um dos vídeos divulgados, ela é agredida por DJ Ivis na frente da filha do casal, que na época estava com apenas nove meses. Um funcionário do artista também aparece nos vídeos divulgados por Pamella, contudo, mesmo presenciando as agressões o funcionário não fez nada para impedir.

Depois que a arquiteta registrou um B.O (boletim de ocorrência) contra o DJ, toda uma investigação em torno do caso começou. Depois disso, Pamella, o DJ e algumas testemunhas prestaram depoimentos.

Diante da repercussão Ivis tentou se defender nas redes sociais e relatou o seu lado sobre como tudo aconteceu. O artista diz que Pamella também o batia, mas não conseguiu mudar o desfecho e terminou preso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade