in

Demitido da CNN, Evaristo Costa diz que aceitaria apresentar o BBB 22: ‘Esperando a ligação do Boninho’

Em conversa com os seguidores, o jornalista Evaristo Costa diz que aceitaria tanto apresentar quanto ser um dos confinados do reality global.

cnnbrasil/ Instagram

O jornalista Evaristo Costa afirmou que aceitaria o convite para comandar o Big Brother Brasil 22. A declaração foi feita pelo jornalista em conversa com seus seguidores no Instagram. Vale lembrar que o comando da atração segue em aberto desde que o apresentador Tiago Leifert anunciou a sua saída da Globo.

Publicidade

Esperando a ligação do Boninho”, declarou o jornalista ressaltando que ele poderia, inclusive, ser um dos confinados do reality show.

Tiago Leifert, que vinha comandando a atração desde 2016, anunciou o fim de sua parceria com a emissora na quinta-feira, 9. Depois disso, o comunicador deu mais detalhes sobre a sua decisão enquanto tomava café da manhã com Ana Maria Braga, no Mais Você. Segundo Tiago, desde 2020 ele estava cogitando a possibilidade de sair da emissora carioca.

Publicidade

Leifert contou que um dos episódios que o marcou bastante aconteceu durante o BBB20. Na ocasião, ele disse ter chegado em casa e sido questionado pela esposa se ele não estava se sentindo feliz, tendo em vista que o programa tinha sido demais e a audiência estava alta. Diante do questionamento, Tiago teria respondido dizendo que não se sentia feliz já que não tinha feito mais do que a sua obrigação.

Publicidade

Desligamento de Evaristo Costa

Publicidade

Recentemente, Evaristo Costa foi demitido pela CNN e chegou a comentar sobre o assunto em conversa ao F5. O jornalista se mostrou chateado pela forma como tudo aconteceu, destacando que ficou sabendo que seu programa não iria mais ao ar por meio de uma chamada de programação.

Depois disso, ao questionar a emissora sobre o assunto, ele foi informado que o seu contrato seria encerrado, faltando mais de um ano para que o mesmo vencesse. “Foram extremamente deselegantes e despreparados”, afirmou Evaristo Costa.

Publicidade
Publicidade