in

‘Perdi parte do pâncreas’, diz Datena ao falar sobre alto consumo de cerveja

Apresentador fez algumas revelações durante reportagem em seu programa.

Reprodução/Band

O apresentador do Brasil Urgente, José Luiz Datena, tem aparecido constantemente nos assuntos mais falados da internet, seja por revelações de sua vida pessoal ou fortes posicionamentos políticos. Agora, ele chamou atenção novamente por fazer revelações pessoais durante o programa dessa sexta-feira, 11, contando sobre os problemas que enfrentou devido alto consumo de bebida alcóolica.

Publicidade

As revelações foram feitas durante uma reportagem do Brasil Urgente sobre a apreensão de três toneladas de maconha feita pela Polícia Federal, sendo a carga avaliada em R$ 5 milhões. Durante a notícia, o apresentador contou detalhes do momento em que resolveu experimentar a droga.

Datena contou que tentou usar a droga uma vez em sua vida, quando era muito novo e tinha entre 16 e 17 anos, definindo a experiência como: “Foi a coisa mais horrível que senti na minha vida“. Além disso, declarou que, somente tomando cerveja já ficava mais “doido” que os usuários da ‘erva’.

Publicidade

Datena também disse que nunca foi usuário de drogas, mas que consumiu cerveja por muito tempo. Ele ainda afirmou que o alto consumo de bebida alcoólica fez ele perder parte de seu pâncreas. “Nunca usei droga, nunca gostei de droga. Cerva [cerveja] tomei por muito tempo, inclusive, perdi parte do pâncreas por causa disso”, contou.

Publicidade

Polêmicas envolve política

O apresentador do Brasil Urgente tem protagonizado algumas polêmicas envolvendo a política nacional, principalmente após declarar sua pré-candidatura à Presidência da República em 2022. Datena é um grande crítico de Jair Bolsonaro e utiliza constantemente seu programa para se posicionar sobre os diversos episódios envolvendo o governo.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade