in

Dudu Braga perdeu a visão aos 23 anos e Roberto Carlos correu o mundo para que o filho voltasse a enxergar

O filho do Rei nasceu com glaucoma congênito e passou por diversas cirurgias para que pudesse enxergar.

Instagram Dudu Braga / Arquivo pessoal Roberto Carlos

O produtor musical Dudu Braga faleceu na última quarta-feira (08/09) vítima de câncer no peritônio aos 52 anos de idade. O filho do cantor Roberto Carlos conviveu com problemas de saúde desde o seu nascimento, em 18 de dezembro de 1968.

Publicidade

Dudu Braga foi registrado como Roberto Carlos Braga Segundo e foi fruto do primeiro casamento do Rei, com Nice Rossi que também faleceu por conta de um câncer em 1990. Na ocasião da morte da mãe, Dudu ainda enxergava normalmente.

Dudu nasceu com glaucoma congênito, mas como foi diagnosticado rapidamente e passou por tratamento específico, enxergou normalmente até os 23 anos de idade. Ele mesmo contava que seu pai e sua mãe correram o mundo atrás dos melhores tratamentos. Já com 15 dias de vida, Dudu Braga passou por uma cirurgia experimental na Holanda.

Publicidade

Ao todo foram sete cirurgias que possibilitaram Dudu Braga de enxergar normalmente até seus 23 anos. Nesse período ele surfava, tirou habilitação e trabalhava como vendedor em uma concessionária do pai. Tudo mudou quando Dudu passou por um descolamento de retina e acabou perdendo a visão.

Publicidade

Após o descolamento de retina, Dudu passou por outras sete cirurgias, que tentaram reverter a sua cegueira. No entanto, depois de tantas tentativas, ele acabou se acostumando e se conformou com a sua nova condição.

Publicidade

Roberto Carlos chegou a levar Dudu para Houston, nos Estados Unidos, onde ele foi operado por um conceituado médico brasileiro. Apesar de todo o privilégio de ter um pai com condições financeiras e que fez todo o possível para que ele tivesse uma vida normal, Dudu Braga nunca mais recuperou sua visão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com