in

Eduardo Costa é substituído no retorno de ‘Cabaré’ e revolta a internet

O cantor fundou o projeto ao lado de Leonardo, mas não fará mais parte da parceria.

Reprodução/Metrópoles

A última terça-feira (07) começou com uma notícia bombástica nas redes sociais, surpreendendo todo o público sertanejo. Renato Fernandes, mais conhecido como Sertanejeiro, usou seu perfil no Instagram para revelar que o projeto Cabaré irá voltar em 2022, mas não contará mais com a presença do cantor Eduardo Costa.

Publicidade

Renato é um dos maiores influenciadores da música sertaneja no país e sócio da empresa Fábrica de Hits, que é responsável por todo o marketing digital artístico e lançamentos musicais de vários grandes cantores brasileiros.

Publicidade

Em seu perfil do Instagram, o Sertanejeiro portou uma montagem com a foto de Leonardo e da dupla Bruno e Marrone, anunciando a nova parceria para o retorno do Projeto. Ele ainda aproveitou para enaltecer a carreira da dupla que entrará para Cabaré.

Publicidade

No entanto, a novidade gerou um grande alvoroço nas redes sociais e revoltou grande parte do público que acompanha o projeto. Vários internautas aparecerem para deixar comentários contra a decisão e ressaltaram que Leonardo e Eduardo costa sempre foram a cara do projeto. Além disso, afirmaram que era injusto retirar o cantor sertanejo, já que ele é um dos fundadores de Cabaré: “Rapaz, Eduardo Costa deveria está aí nesse meio. O cara foi fundador do projeto. Injusto!”.

A famosa página de música “Conceito Sertanejo” também repercutiu a decisão e relembrou uma entrevista de Eduardo Costa para a página. Eduardo Costa afirmou durante a conversa que foi ele quem desenvolveu a ideia e escolha o nome pra o DVD, além de declarar que jamais usaria a marca para cantar se não fosse com Leonardo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade