in

Cantor que era contra vacina morre após ser infectado pela Covid-19 e público lamenta: ‘Descanse em paz’

O artista faleceu na última sexta-feira depois de sofrer complicações da doença.

SZNews

A covid-19 continua acometendo milhares de pessoas todos os dias em praticamente todos os países. Desde que a pandemia do coronavírus começou, milhões de pessoas acabaram perdendo a vida em decorrência da doença.

Publicidade

A vacina contra a covid-19 já está sendo disponibilizada e chegou a uma grande parte da população, tanto no Brasil quanto em outros países. Mas ainda existem pessoas que se mostram contrários ao uso do imunizante, como o cantor britânico Marcus Birks, morto recentemente.

Marcus se tornou conhecido, além de seu trabalho, por fazer discursos antivacinas e negar a gravidade da covid-19 em suas redes sociais. O cantor faleceu na última sexta-feira (27/08), depois de sofrer complicações em seu quadro da doença.

Publicidade

O britânico, de 40 anos de idade, chegou a mostrar arrependimento em suas redes pouco antes de morrer. Depois de ir para a Unidade de Terapia Intensiva do Royal Stoke University Hospital, na Inglaterra, Birk alertou o público a tomar a vacina contra a Covid-19.

Publicidade

Em entrevista à BBC, Marcus contou o choque ao sentir os efeitos provocados pelo coronavírus, considerando que dificilmente era acometido por qualquer doença. “A primeira coisa que direi a toda a minha família é [ir] tomar a vacina e todas as pessoas que encontrar. Quando você sente que não consegue respirar o suficiente é a sensação mais assustadora do mundo“, desabafou o cantor.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos fãs lamentaram a partida de Marcus: “Que descanse em paz“, disse um. “Minhas condolências à família“, escreveu outro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.