in

Cantor querido morre aos 40 anos vítima da Covid-19; ele deixa esposa grávida

O cantor chegou a se arrepender e chegou a fazer um apelo pedindo que todos se vacinem.

pinterest

Infelizmente, a pandemia do coronavírus continua fazendo vítimas ao redor do mundo. Muitas pessoas são contra o uso de máscaras e vacinas. Isso faz com que aumentem muito as chances de contrair o vírus e ter complicações devido à enfermidade. Neste último final de semana, um americano líder do movimento anti-máscara acabou morrendo por complicações da doença.

Publicidade

O músico Marcus Birks morreu vítima da Covid-19. O cantor tinha apenas 40 anos e formou um dueto de dance music The Chameleonz com a esposa Lis. O famoso também ganhou notoriedade ao participar de um reality show da TV inglesa, o Bad Lads Army.

O artista acreditava que por ser um adepto da atividade física, estaria imune ao vírus. Ele costumava praticar exercícios cinco vezes durante a semana, porém, isso não o ajudou quando foi infectado. A verdade é que não se sabe direito como o vírus da Covid pode atingir uma pessoa. Muitos casos de complicações em pessoas saudáveis e sem nenhum tipo de comorbidade já foram relatados.

Publicidade

Marcus Birks estava sob cuidados intensivos após ter testado positivo para Covid-19 e apresentar sintomas parecidos com o de uma gripe e também coágulos sanguíneos. Internado, o cantor de 40 anos chegou a falar que estava em choque por ficar tão mal, já que sempre teve um estilo de vida saudável. Ele chegou a se mostrar arrependido por ser ignorante em relação a se imunizar.

Publicidade

Publicidade

O artista morreu no Hospital da Universidade Royal Stoke, nesta última sexta-feira, 27 de agosto. Lis, a esposa de Marcus que está grávida, usou a sua rede social para poder desabafar sobre a morte do marido. “Meu coração foi completamente arrancado e não sei como você pode lidar com tanta dor e mágoa”, escreveu a viúva.

O famoso chegou a conceder uma entrevista internado no hospital e revelou estar chocado, pois raramente adoecia. Na ocasião, o cantor pediu que todos tomem a vacina.

Publicidade
Publicidade
Publicidade