in

Herança de Gugu: filhas fazem revelação em vídeo e ficam ao lado da mãe; e filho, ao lado da tia

Enquanto filho fica ao lado de tia, filhas de Gugu defendem união estável entre o apresentador e a mãe.

F5 Folha - UOL / Revista Quem / Jornal Correio

Na tarde da última quarta-feira (25), o jornal Metrópoles divulgou, com exclusividade, um vídeo gravado por Marina e Sofia, filhas gêmeas do apresentador Gugu Liberato, que faleceu em novembro de 2019, em Orlando, na Flórida.

Publicidade

No vídeo, as gêmeas aparecem contando sobre a relação delas com Aparecida Liberato, irmã do apresentador, e sobre a relação da tia com Rose Miriam, mãe das meninas e de João Liberato, também filho do apresentador.

Marina e Sofia defendem que Rose Mirian e Gugu tinham uma união estável, apesar de Aparecida não concordar com o fato. As gêmeas estariam ao lado de Rose, enquanto João teria ficado ao lado oposto, junto à tia, nomeada a inventariante da fortuna de Gugu. As gêmeas defendem que João está sendo manipulado por Aparecida.

Publicidade

Irmãos teriam cortado relações

Publicidade

Após a divulgação do vídeo, o primogênito de Gugu e Marina teriam cortado relações. Os irmãos até deixaram de se seguir no Instagram. Enquanto Marina e Sofia defendem a falta de amadurecimento de João, justificando, assim, o fato de o jovem estar ao lado da tia; João também afirma, em nota divulgada em julho, que as gêmeas estavam sendo manipuladas.

Publicidade

Além da confusão em relação à união de Gugu e a mãe das meninas, Marina e Sofia demonstraram, no vídeo, sua indignação financeira com Aparecida. Isso porque, de acordo com as gêmeas, a tia não deu permissão para que elas comprassem um Porsche, carro de luxo que custa cerca de 500 mil reais.

Ademais, as meninas também reclamam da quantia repassada mensalmente a elas, comparando a quantia recebida pelo irmão mais velho e pela avó; fato que fez com que a dupla pedisse um aumento à tia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade